Brincando de Casinha: Ecobag, você realmente sabe usar?

- Categoria: Papo de Menina

A moda agora é ecobag e as sacolinhas plásticas são coisas do passado, mas vocês sabem realmente como usa-las?
Quando eu vi essa postagem da Macá do blog Agenda Ilustrada, achei fantástica:

“… conforme disse Charles Gerba, professor da Universidade do Arizona e coautor do estudo, foram analisadas 84 sacolas de consumidores em Tucson, Los Angeles e San Francisco e nelas foram encontradas bactérias coliformes como a E.coli.
Segundo ele os consumidores não estão a par dos riscos e da necessidade de higienizar as sacolas toda semana.
De acordo com o estudo, 97% das pessoas nunca haviam lavado as sacolas e, uma limpeza bem feita poderia matar quase todas as bactérias.
O estudo americano afirma ainda que um aumento súbito no uso de ecobags sem uma campanha de educação que explique como evitar a contaminação cruzada pode trazer riscos para a saúde pública.
Os pesquisadores ressaltam que o objetivo do estudo não é discutir a validade das sacolas reutilizáveis, e sim informar consumidores e legisladores sobre como usá-las de maneira segura.

Então, vamos lá ao Roteiro da Sacola Limpa:

1) – Cada um na sua
Separe sacolas só para transportar alimentos crus, outras para carnes e outras para os produtos secos. As bactérias presentes na carne crua podem migrar para os outros produtos.
2) – Contaminação cruzada
Não use as sacolas que você leva para o supermercado para transportar roupas e livros. Isso pode levar à contaminação cruzada por bactérias como a Staphylococcus aureus.
3) – Limpeza
Higienize a ecobag uma vez por semana, na máquina de lavar roupa ou à mão, com sabão em pó. Uma limpeza bem feita é suficiente para matar a maioria dos micro-organismos perigosos.
4 – Evite o calor
Não deixe carne nas sacolas por muito tempo dentro do porta-malas. O calor favorece a proliferação das bactérias. Em duas horas no porta-malas, o número de micro-organismos se multiplica por dez.

Fonte: Universidade do Arizona e Universidade Loma Linda
Matéria publicada na Folha de São Paulo em 01/07/10″

Texto retirado do blog Agenda Ilustrada.

Então lembre-se, que para ter uma ecobag precisa também ter responsabilidade com a sua saúde!!!

Foto: inhabitots