Carne Assada com Chimichurri

- Categoria: Receitas

Eu sempre achei carne assada um prato prático de fazer, apesar de ser algo demorado “faça o tempero, deixe a carne marinando durante algumas horas ou por um dia para pegar o tempero, cozinhe durante duas horas ou até mais e aí sirva…” ufa, que horas sai o almoço? Na hora do jantar?

Carne Assada com Chimichurri

O que você precisará: uma peça de carne para assar que pode ser lagarto, maminha, fraldinha ou até o coxão mole ou duro para os mais pobres aventureiros da cozinha, bacon, sal, alho e chimichurri (logo  azeite e vinagre – ou limão, para fazer a hidratação do tempero).

Vamos começar por partes, o que é Chimichurri?

É um tempero argentino a base de salsinha, alho, cebola, tomilho, orégano, pimenta vermelha moida, pimentão, louro, pimenta do reino negra, mostarda em pó, salsão, vinagre e azeite de oliva. Eu comprei ele pronto, só adicionei um pouco de azeite e vinagre para hidratar uma hora antes de começar a temperar a carne. Esse tempero é usado para qualquer tipo de carnes e já vi gente usando até em saladas. A minha opinião pública, é gostosinho, é sim, também não achei um tempero mega forte.

Quem quiser preparar o seu próprio Chimichurri (sempre tem uma louca por cozinha, que ama fazer tudo e prefere usar os seus próprios temperos de fabricação caseira), tem várias receitas aqui.

Modo de preparo: pegue a peça de carne de sua escolha e faça vários furos com a ponta de uma faca. Nos buracos, coloque pequenos pedaços de bacon e por favor, exagere (ou não) para o gosto ficar muito especial (confesso, amo o gosto do bacon na carne assada, fica uma coisa do outro mundo).  Agora pegue uma vasilha ou um saco (quem quiser trocar o papel de alumínio por sacos de assar, é uma ótima opção, já que a marinada pode ser feita diretamente nela), coloque a carne, sal, alho (eu sou exagerada no alho também, não reparem) e o tempero Chimichurri hidratado, mexa, tira o ar do saco de assar (oi?!), feche a vasilha ou o saco e deixe na geladeira marinando durante uma hora ou até um dia (o tempero fixa melhor na carne, confesso).

Pronto?!

Agora é colocar a carne no papel alumínio (se estiver usando o saco para assar, não precisa), ligar o forno na temperatura média e assa-lo durante uma hora e meia ou até duas horas. Passou esse tempo? Abra o papel alumínio (ou o saco, mas bem pouco para o suco não espelhar na assadeira e fazer lambança) para a carne dourar durante trinta minutos (dependendo do fogão que você tem em casa, sempre fique de olho para a carne não torrar ou ficar sem uma corzinha básica no seu forno).

Oi, quer saber como usar um papel alúminio?

É básico, use sempre a parte com brilho para o lado de dentro, aonde ficará a carne, para ter menor aderência do alimento com o papel e também para aumentar o calor, logo, o tempo de cozimento do alimento é menor. Mas se a senhora ou senhor usar o lado contrário do papel, não tem problema não, não tem mesmo.

A carne assada ficou pronta? Agora é fatiar e servir com arroz e uma bela saladinha…

Oi? Ah sim, também concordo, é um ótimo almoço de domingo, não acham?

Moral da história: o que importa nessa história toda, que o seu trabalho será ir algumas vezes na geladeira, sacudir um pouco o saco (ou a vasilha) da marinada para o tempero penetrar totalmente na carne, colocar um papel alumínio envolta da carne e da assadeira (ou os sacos especiais para assar que vão ao forno), para não sujar o forno e nem ficar horas lavando uma assadeira.

Quando o tempo não passa e a fome chega, aproveita para ler um livro, cuidar da casa, brincar com os filhos e quem sabe, até fazer as unhas.