Papo de Menina,  Pets Love!

Sou mãe de cachorra sim!!!

Sou mãe de cachorra sim!!!

É engraçado, quem lê isso deve estar falando “vai fazer um filho minha filha!!!”

Primeiro de tudo não estou pulando uma fase da minha vida e sim escrevendo a história da minha família! Quem nunca quis encontrar o seu príncipe-ogro encantado, ter uma casinha para brincar, um cachorro pulando e filhos para amar?

Estou deixando a parte dos filhos para o final, mas a minha filha canina eu já tenho. Todo dia é uma nova aventura, já aprendeu os comandos básicos como sentar, a deitar, esperar, faz seu xixi no jornal, ama passear e come que é uma beleza (também, nessa casa tem que comer bem).

Ela tem os seus momentos cão também, como querer destruir um sapato, morder o pé da mesa, fazer xixi na minha cama quando está estressada, beijar todos os cães que encontram no seu caminho e etc etc etc. Mas diz, se nos importamos, diz?

Seu rabo mexendo na pura loucura da emoção, seus olhos me namorando e seus beijos frenéticos fazem não me importar com nada negativo dela (sim, eu dou bronca, ensino e ela olha com cara de anjo para mim). Melhor de tudo, minha cachorra ri, ela ri quando eu chego, ri quando ela vai ao banheiro e ri quando eu acordo. Ela simplesmente ri: coloca as orelhas para trás, fecha os olhos, abre a boca e mostra os dentes e abaixa e sobe a cabeça como estivesse tirando sarro da sua cara!! É assim que sou acordada todo santo dia.

Existia um vazio em mim, ela chegou para completar, me dar disciplina e fazer eu voltar a olhar a vida com outros olhos.

Recomendo a todas pessoas: se a sua vida não anda legal, tem um buraco para ser preenchido, tenha um bichinho. Eles são tudo para nós.

Se você gostou dessa postagem Sou mãe de cachorra sim!!!, compartilhe nas suas mídias sociais e aos seus amigos.
Não esqueça, de seguir o blog Manga com Pimenta nas Mídias Sociais. :)

Não esqueça de participar da Comunidade do Manga com Pimenta do Google Plus. Clique aqui para participar! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e prosear um pouco.

Também siga o meu perfil no Google Plus: +NanaRicchetti e no instagram @blogmangacompimenta confira as ultimas novidades por lá.

27 Comentários

  • Midori

    Acho isso tao estranho……nao é uma critica, e tb nada contra os animais de estimaçao, mas cada vez mais se ve casais sem filhos, ou esperando pra ter filhos sei la qd……….e se dizendo ser “mamae” dos bichinhos…….estranho demais….

    • Nana

      Midori, eu também achava até um bicho de estimação entrar na minha vida. Tem gente que tem filho e adota o cachorro como filho. Eu que estou na fase que não quero filho agora, daqui 5 anos quem sabe. Mas os animais são como filhos sim, principalmente quem teve contato a vida toda (eu tive, desde bebê e até sair da casa dos meus pais, mas eram os cachorros dos meus pais e não meu rs).

  • Vanessa

    Vou dizer Nana, é estranho pra quem não tem um animalzinho pra chamar de seu! De bebê, filhote, filhinha da mamãe! É um amor incondicional, eles dependem totalmente de nós. Pra mim, estranho é quem tem coragem de maltratar, perseguir, pq eles são totalmente indefesos. Amo meus bichos como filhos sim!!! Você tem toda razão! É uma felicidade imensa!

    Beijoss

  • Carol

    Cães nos ensinam o que é se sentir amado incondicionalmente. Amo, adoro.
    Eu sempre fui mãe de cachorros, catava na rua filhotes abandonados e a Milu é a primeira cachorrinha de raça que apareceu em minha vida, presente de marido e sim, ela é nossa filhinha, nossa caçulinha. Minha filha chama nossa cachorrinha de irmãzinha e agradece por termos ensinado a ela o valor que tem um animal de estimação.

    “Haverá um dia em que o homem conhecerá o íntimo do animal; neste dia, um crime contra um animal será considerado um crime contra a humanidade” (Leonardo da Vinci)

    Linda sua filhota.
    Beijos

  • Elisa Barros

    ADOREI! Eu também dou mãe de cachorro (e provavelmente não serei mãe de humanos, por pura opção). AMO incondicionalmente minhas peludinhas, que só me dão alegrias, me acompanham, sabem quando estou triste e se aproximam com carinho, sabem quando estou feliz e fazem festa junto comigo. Eu e marido não conseguimos imaginar nossas vidas sem esses seres encantadores! E Aimê está cada dia mais fofa hein!!!

  • Kelly Cristina

    Miguxa, eu tenho um york também…ele se chama Laryel, e é meu tudoooooo, quando estou triste, parece que ele sente, vem e deita no meu peito e encosta a cabeçinha no rosto, como que querendo me abraçar…ele é demais…eu preciso é voltar a caminhar com ele, pois o fofo engordou a beça…tá um mini obesinho….ele é castrado o que colabora pra isso…mas de resto amooooo tudo, mês que vem vou fazer uma tosa muito diferente…pretendo postar no blog, Daí vc vai lá dar uma espiadinha….bjokas grande e um lindo fim de semana!!!!!!

  • AUDENI

    Olá, com sua postagem vc. já me conquistou, rsrsrs

    Tenho muitos cachorros, mas muitos mesmo, vai que alguém do condomínio vai ler este comentário entáo nem falo quantos, rsrsrs
    Tenho meus cachorros como filhos, eles são minha família, também não tenho filhos, infelizmente nunca engravidei.
    Tenho estes seres de 4 patas como filhos, e te digo, em olhar nos olhos de cada um sei se estão bem ou não.
    Tenho alguns de raça e a maioria viralatas, que são lindos, em casa não tem disto não, resgatamos e amamos independente de raça e credo, rsrsrs
    Com certeza, se não tivésse meus cachorros já estaria morta, estressada, por tristeza ou outro motivo qualquer.
    Cachorro ou outro bicho de estimacão não é brinquedo, fico muito P..TA qd. um pai ou mãe dá um animal ao filho e depois vê que o bichinho dá trabalho, pq. é um ser vivo, e joga ele na rua, olha o mau exemplo que está dando ao filho: deu trabalho abandona, está velho abandona, não tem com quem deixar abandona!!!
    MUITO CUIDADO COM GENTE QUE MALTRATA E ABANDONA ANIMAIS, acredito que podem ser capazes de coisas muito piores com outros seres humanos!

    Parabéns por sua atitude, com certeza serão muito felizes!!!

    Beijos e um ótimo final de semana

    Audeni

  • lili

    Eu não entendo é como alguém pode viver sem esses queridos. Só acho que quem aprendeu os comandos básicos foi você. Meus cães me treinaram direitinho… Bjos

  • Andrea

    Nana querida, que coisa mais fofa sua york,eu tenho uma poodle e uma lhasa que são uns amores, coisas mais queridas,quando vc tiver seus filhinhos vai ver que o amor é diferente e cada um é unico, os animaizinhos tem seu lugar especial nos nossos corações. Eu tenho uma filha única por opção e duas peludas por adoção! Como se chama essa lindezinha? Vc não contou né? As minhas chamam-se Pink e Cici. Beijo enorme da ANdrea e da Maki

  • keilla colombo

    Parabéns amiga, ter um cachorrinho em casa é tudo de bom…eu infelizmente não tenho cachorros (moro no fundo da casa dos meus avos, o quintal é o mesmo e eles não querem)….Mais em compensação tenho 4 gatos, lindos, tenho um persa e 3 vira-latas, são minha vida, minha alegria, e meus filhinhos…meu e do marido…rsrsrs

    Bjinhosss

  • 02596186431879923983

    Não tenho bichos, as vezes fico com a Poliana (cachorrinha) da minha sogra, Zélia, e tem as duas cachorras da minha irmãzinha que mora longe, em Balneário Camburiú, por esse motivo vejo pouco, mas uma das cachorras dela uma labrador chocolate, Kirra, é tão carinhosa, fica triste quando a gente arruma a mala para viajar. A Poliana parece um efeite, não dá trabalho, e percebe também quando as pessoas vão sair e fica triste, uma graça.
    Você não colocou o nome da sua, mas com uma fofura dessa, tem que ser mãe, madrinha, tia, tudo, ela é linda.
    Beijos Cristina.

  • Renata

    Oi Nana,

    Eu sempre tive cachorros e acho normal tratar cachorros como filhos. Eu tenho uma cadela que a minha filha ganhou com 2 anos.

    Hoje a minha filha tem 12 e a Enya (nossa dog) vai fazer 10 anos dia 27 de maio (geminiana). Ela também ri pra gente e eu acho muito legal isso. Super companheira, amiga.

    Quando as crianças estão na escola (também tenho um filho de 5 anos), não sai de perto de mim. Meu marido já não teve a mesma criação com bichos que nem eu, então quando ele está em casa, o único lugar da casa que a Enya não pode entrar é no nosso quarto.

    Quando ele sai pra trabalhar, as crianças vão pra escola e eu ainda faço uma horinha na cama (estou grávida de 5 meses), a Enya pula na cama e se estica que nem gente e continua dormindo na boa… quando eu levanto ela me acompanha.

    Beijos,

    Renata

  • cecilia

    meus filhos tem cachorros e quando eu chego em casa eles dizem lá vem a Mamãe e os cachorrinhos vem correndo pular em mim! lida sua cachorrinha! um abraço sissi

  • ANDREA

    Meu cachorrinho mudou minha vida. Sempre morei sozinha e não tive filhos, não por opção, mas a vida quis assim. Então meu lado maternal aflora quando cuido dele. Antes eu sentia um vazio absurdo quando estava em casa, depois que ele vei pra cá, mesmo estando quietinho, dormindo, só o fato de saber que ele está lá manda embora a solidão. Tem dias que ele vai pra casa da vó (rsss) e eu sinto uma falta imensa dele, e quando viajo sinto falta do cheirinho dele, vai dizer: é ou né o nosso bebê?

  • Michelle

    Dia desses fiquei sabendo que teria que adiar e muito o desejo de ter um filho… aí fui e comprei um cachorro… sou muuuito mãe de cachorro… amo meu filhote gorducho!!!! :)

    bjjjj

  • neide

    Concordo plenamente desta ideia de que os animais nos fazem pessoas melhores…
    sabe o que digo quando alguém diz sobre ter filhos ao invés de ter animais? digo que se eles pensam que criar/educar uma criança é igual a ter um bicho de estimação, de fato algo está muito errado com o pensamento deles!! são coisas muito diferentes…eu tenho filhos, sempre tive bichos e meus filhos amam nossos bichos e vice versa…

  • Cristina

    Adorei!!! Eu tenho dois labradores que ficaram com a minha mãe quando me casei, pois moro em apartamento.
    Hoje eu tenho a Branca que mora aqui comigo, tenho ela como uma filha, é obediente não faz sujeira e também não estraga nada…
    Sei que ela não substitui uma criança, mais no momento tem suprido a falta de um bebê…

  • 11808250623946568894

    olha primeiramente queria parabeniza-la pelo seu blog que é incrível.. e de certa forma aconchegante.. Depois sou mae tb e de dois cachorros também ja ouvi muito nao esta na hora de voce deixar de ser mae de cachorro? Eu nao me importo… amo meus bichos incondicionalmente nao tive filhos mas se vier vai ser otimos também.. O meu york Marley abandonado nas ruas de SP ha um ano tem um lar (comigo claro) e só faz sujeira mas nós amamos muito ele… e o tanto que é carinhoso.. Cachorro é tudo de bom SEMPRE

    • Nana

      A minha também foi adotada, continua sendo a alegria de casa e esse mês vai fazer um ano que está conosco. Um ano de alegria :)

      Obrigada pelo carinho viu.

      Bjss

  • Mirela

    Lindo texto. A postagem é antiga, mas espero que vc leia. Parabéns pelo lindo coração que vc tem. Virei sua fã. Espero que sua filha esteja bem!! Grande beijo, da mãe de um cachorrinho

    • Nana - Manga com Pimenta

      Ela está ótima, hoje virou irmã mais velha e que baita irmã :D

      Leio todos os comentários sim rs deixo para aprovar todos para não perder nenhum!

      Obrigada pelo Carinho Mirela, beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.