Diário da louca da Dieta Parte II

Sunday, 17 de June de 2012

Porque a louca da Dieta?

Daqui a pouco eu explico, mas primeiro quero falar sobre a mudança alimentar que teve nessa casa.

Eu nunca me interessei tanto em organizar a minha alimentação em toda a minha vida. Sei que é complicado uma mudança de um dia para o outro, mas não é impossível. Quando eu tinha vinte e três anos, emagreci em dois meses 18 quilos, fazendo uma reeducação alimentar e tomando remédio por causa da ansiedade. Claro, depois de dois anos (incrível quando a gente casa, engorda! É lei!), engordei novamente.

A dois anos, mais ou menos, emagreci fazendo caminhadas (sem mexer na alimentação e é a única explicação que tenho por agora), como eu sou um ser emocional ao quadrado, engordei rapidamente e claro, parei de andar. Sério, não sei como emagreci rápido e sem perceber. Só percebi quando coloquei uma saia da minha mãe quando era magra e entrou. Esse é um mistério do meu corpo que só Deus sabe o que aconteceu.

Agora é uma decisão em família!

Sim, cliente vip também entrou na história e estamos os dois nessa luta por uma vida mais saudável.

O que foi radical nessas duas semanas: nada de refrigerante, nem uma gota entra nessa casa. O pão branco também não entra nessa casa, porém, troquei pelo o pão integral. O leite saiu do integral para o desnatado. Os doces agora são barra de cereais, amêndoas e frutas, posso dizer que açúcar é algo que não está sendo usado durante essas duas semanas que passaram. As massas e arroz, foi trocado por macarrão e arroz integral também. Achocolatado, nem sei quem é você, mas não vou negar que não comi chocolate, compramos barras de cereais que vem banhado com um pouco de chocolate (TPM agradece).

Eu, acho meio loucura tirar tudo que é carboidrato da nossa refeição, de uma vez, sem dó e nem piedade. Até porque não quero diminuir muitos quilos em um mês e sim, manter um corpo saudável durante anos. Acho que muitas vão pensar “é besteira na sua idade pensar em menopausa”, mas estou na casa dos trintas e preciso pensar na minha menopausa daqui dez ou vinte anos e estando gordinha, vou entrar em parafusos para controlar todos os efeitos que a menopausa traz. Outra coisa, eu penso em ter filhos, penso sim, um dia… e é melhor ter filhos magrinha do que gordinha. Tendo ou não tendo filhos, a única certeza que tenho nessa vida que eu terei menopausa, ponto final.

O que eu comi essas duas semanas:

- Leite e derivados: queijo branco (Minas), leite e iogurte desnatado.

- Muitos legumes, folhas e etc: salada de alface e tomate é os bonitinhos que estão quase todo dia no meu dia dia. Outros que entraram na minha cozinha foram: pepino, ervilha torta, berinjela, brócolis, mandioquinha, beterraba, agrião e cenoura. Tenho na minha geladeira, mas ainda não fiz, é mandioca e batata, serão perfeitos para comer no horário do almoço, claro, o preparo será cozidos (nada de fritura mais!). O grão de bico eu comi um dia, mas faz bem danado para a mulherada, é sempre bom comer uma vez ou outra. No lugar do chocolate, estou comendo amêndoas, o pote eu pago o mesmo valor de uma barra grande e dura certinho uma semana.

- Frutas: maçã, pêra (frutinhas ótimas para quem quer emagrecer), banana, limão (não sei se era para estar aqui, mas fica aí), laranja e morango. Lembrando (ou escrevendo) suco de laranja não é permitido por usar muitas unidades, mas uma laranja depois de um almoço rico em ferro, é muito bem vindo.

- Proteínas: peito de frango grelhado, ovo, carne moída, peito de perú, kani e atum.

- Carboidrato: pão e macarrão integral. O arroz ainda não fiz.

- Bebidas: estamos tomando chá mate e água.

- Outras tranquerinhas: Barra de cereal e cereal de milho.

Sim, é muita coisa, é sim! Mas tudo em pequena quantidade e distribuídos a cada três horas do dia, olha, essa mudança está fazendo uma diferença enorme. Para vocês terem uma idéia, café da manhã sempre é leite com cereal de milho, o lanche da manhã é uma fruta (ou uma barra de cereal e um pouco de amêndoas), almoço é uma carne com legumes/salada, lanche da tarde outra fruta, janta é um lanche básico (uma fatia de pão integral com queijo e peito de perú) ou uma sopa de legumes, o lanche da noite é um copo de leite, depois de duas horas, é cama! Dormir bem (aqui o sono é de seis horas) e acordar, continuando a rotina.

O macarrão foi feito duas vezes nessas duas semanas (uma vez por semana). Para quem comia macarrão de três a quatro vezes por semana, é uma mudança radical.

E o pão então?
Era uma loucura ótima, chegava a comer quatro pães quentinhos com a manteiga derretendo (por isso que eu nunca soube que eu era gorda). Pizza é algo que também era algo frequente dentro de casa, agora, nem sentimos falta. Lanches prontos também era um almoço nos dias corridos, agora paro um minuto, faço uma salada, grelho o frango e pronto.

O nosso objetivo, é diminuir a quantidade de leite e carboidrato. Mas acredito que essa semana isso não vai acontecer, ainda tenho esses produtos em casa e não vou jogar dinheiro no lixo.

Outra mudança radical que aconteceu por aqui esses dias, exercícios físicos e caminhadas de dia e a noite (nossa personal dog agradece). Um outro fator importante, elevador para que?
Eu moro no sexto andar, trocamos o elevador pela escada e isso está fazendo uma diferença enorme para ambos. Agora a pergunta que não quer calar, se eu morasse no último andar, certamente pegaria o elevador hahaha já chego morta em casa, imagina, subir muitos degraus.

“Querida Nana, porque você não explicou ainda a história da louca da dieta?”

Querida(o) leitora(o), nunca li tanto sobre esse assunto na minha vida. Descobri loucuras, outras coisas boas e algumas dicas que eu vou seguir, como a dieta do mate (sem açúcar), tomar um litro por dia, sempre com diferença de 20 minutos antes/depois do almoço e jantar. Dizem que perde até seis quilos e aqui em casa, somos loucos por mate. Outra dieta que vamos embarcar o mês que vem é a dieta da proteína, dizem que você emagrece muito rápido, mas que é permitido fazer durante 15 dias (podendo fazer mais 15 dias, mas repondo alguns carboidrato, durante esse período). Esse mês, continuarei fazendo a dieta médica que foi me passada, que é basicamente que estou fazendo: tirar pães, massa, refrigerante, frituras e doces. Nessa dieta eu posso escolher duas colheres de sopa de feijão ou arroz, mas arroz eu não curto muito e feijão é pura preguiça de fazer mesmo… então acaba nem entrando no nosso dia a dia.

“Nana e está dando resultado?”

Gente, está dando resultado, mas dessa vez não vou ficar noia da balança. Essa é uma decisão minha, ok!
Eu tracei um objetivo que é entrar nas minhas calças jeans em dois meses, claro vou continuar tudo isso para o resto da vida, perceberam que eu engordo fácil e viver sendo sanfona não é o ideal para ninguém. Mas não quer dizer que uma vez por mês não terá um bolinho ou uma bela lasanha, depois desse processo todo.
Outra coisa que me faz fugir da balança, não é toda semana que você vai emagrecer horrores, uma hora o seu corpo fala “opa, algo errado, vamos reduzir o ritmo”, mas não pode desistir e tem que manter o ritmo (reeducação alimentar e exercícios físicos). Para quem é ansiosa ao extremo como eu, mergulha em tudo que é processo da vida com emoção, balança faz mal para uma dieta que precisa ser feita a longo prazo. Ninguém gosta de ver que só emagreceu 100 gramas naquela semana. Os que os olhos não vêem, o coração não sente.
Resumindo, eu emagreci sim, percebido pelo meu marido (que emagreceu mais que eu, é claro, para homem isso é mais fácil… sacooo!) e por uma amiga minha. As calças entram mas não fecham ainda (por causa da barriga que cresceu depois que comecei a trabalhar em casa e sem exercícios), mas sinto que as pernas estão mais magras, que o meu busto está menor e o rosto afinou. Considerando em quilos, acho que essa duas semanas devo ter eliminado seis a oito quilos. Tenho uma foto do antes, mas preciso fazer a foto agora,aguardem, preciso estar inspirada para dar a cara ao tapa.

Enfim, esse é o meu diário, a única coisa que ainda estou brigando, relutando e aprendendo é beber dois litros de água por dia. Tem hora que é difícil beber água (sem estar com sede) ou lembrar, sumir com a preguiça de pegar um copo de água e colocar para dentro. Mas uma hora eu aprendo.

Ps.: Procure sempre um profissional tanto para dieta ou para exercícios.

6 Comentários para “Diário da louca da Dieta Parte II

  1. Pra mim é um tiquinho difícil sabe… Não gosto de nada integral, sou chata p verduras e legumes…
    Sou uma vergonha…rs

    bj
    Beta

  2. Vai lá, vc consegue!!! Já dá pra ver diferenças, nada como se sentir mais leve. E um pensamento que eu tinha qdo fazia a dieta da proteína, “não quero isso na minha cintura, minha calça não vai gostar” A fome passava na hora, sabe que até a tpm melhorou qdo emagreci!!! Já passou da hora de eu criar vergonha na cara e não deixar minhas emoções me dominarem tanto, porque os problemas não vão acabar nunca e comida não é recompensa!

  3. Que legal Nana…sabe, eu também estou nessa e me identifico muito com várias coisas que você disse. Também sou muito ansiosa e acabo descontando na comida. Para a academia entrei pela primeira vez há 4 meses, 1h musculação e 1h de hidroginástica, claro que sem fechar a boca não adianta.
    Enfim, vamos seguindo até alcançarmos nosso objetivo.
    Força aí, ok?!
    Bjuss!!!

  4. Dureza né? como diz minha sobrinha, coisas gostosas não deveriam engordar.

    A única coisa que não consigo é tomar leite desnatado, me recuso, é mmmmmmmmmuito ruim!

    Ainda mais com o lance de ser UHT de caixinha!

    Bjs

  5. Isso mesmo menina!! Feliz demais pelo seu projeto de vida saudável!! Você está certíssima em pensar no futuro, e seu corpo agradece agora e lá na frente também! Tá certa de ter procurado ajuda profisional! Eu acabo com meu stress lá na academia, correndo e fazendo musculação e na época de calor aproveito pra ir de bike. E agora também estou fazendo aulas de dança com o professor da minha filha e estou maravilhada de tanto achar bom!!
    Tô me sentindo com 15 anos novamente (época em que dançava).
    Por isso te falo que existem muuitas atividades físicas que vc pode fazer, mas faça algo que goste, tem sempre algo que encaixa direitinho no nosso perfil.
    Abraço
    Gislaine Dias Cunha

  6. 6 a 8 kilos em 15 dias?? Menina vc é feliz e não sabe. Pra eu perder 6 kilos preciso de MUITO mais tempo. Tb to nessa de cortar os brancos e trocar por integral. Acho uma mudança valida e fácil de fazer. Meu problema é salada, não sou fã de verduras. Mas continue firme e forte e coloca foto que queremos ver. Beijos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>