Depois da viagem cansativa, primeiro dia foi feito para dormir e conhecer a cidade, depois da primeira noite de sono, vamos a diversão:

Hoje considerada a melhor pista para ski ou snowboard da America Latina (não sei, foi a primeira que eu fui e sinceramente, amei e o cliente vip confirmou que a estação é muito boa mesmo), o Cerro Castor é um lugar de pura diversão, com super infraestrutura e lugares lindos para admirar. Reservamos dois dias de pura diversão na neve, aonde eu fiz aula de ski (o valor foi 565 pesos por duas horas de aula particular) e levei quatro tombos… mas não se preocupe, você vai estar com mais roupa (foram 4 blusas e duas calças) e nem vai sentir quando cair na neve. Detalhe, cada queda, é um ataque de riso (lembre-se de cair sempre de bunda, melhor que cair de frente, já que você não consegue se levantar fácilmente por causa da bota).

Na cidade tem lugares para aluguel de equipamento, uma dica importante, fuja pelas montanhas: o aluguel de equipamento no Cerro Castor pode ser alguns pesos mais caro, mas é garantido a troca de equipamento caso você não for com a cara do que pegou anteriormente ou algo quebrou (sim, para quem nunca praticou e nem leva esse espírito esportivo contigo, melhor é alugar). Fizemos a besteira de alugar o meu equipamento  na cidade ( cliente vip ja tinha e levou a prancha dele ) depois, tivemos que alugar no próprio Cerro, a bota que me deram na cidade, deixava os meus pés folgados e quando precisava frear os skis, eu conseguia torcer os meus pés dentro da bota. Caso resolvido, esquiei que nem gente grande, o professor ficou até admirado.

“Naninha, você tem coragem descer as pistas difíceis?”

Claro que não, ainda não dominei totalmente e se alguém me ver por lá, procure nas pistas fáceis e com as crianças hohoho

Primeiramente, não é gratuito a entrada, você paga o pacote de diaria que vai ficar na pista. Para quem não quer esquiar, mas admirar o pessoal, ficar nas cabanas que tem restaurantes e café ou brincar na neve, também paga, mas um valor menor, porém, para chegar no topo da montanha, só é permitido quem esquia ou faz snowboard. Eu nem pensei em arriscar, já que as pistas me davam medo e são de nível difícil  e/ou muito difícil (quem sabe morando lá e um mês treinando na Cota 480).  Outro detalhe, que para muitos não fará diferença, mas para nós fez, o primeiro dia estava nevando na montanha e a partir da Cota 600, estava fechado por causa do vento e neve. Ahh, vimos várias equipes da Europa fazendo o seu treino básico e como é lindo de ver, eles voam com os skis e numa velocidade que você fica boba (o Cerro fecha algumas pistas para eles treinarem durante algumas horas).

Dicas:

1- As lojas de roupas são caras, mas você acha alguns produtos bons e com preços bacanas, parecidos com os preços da cidade.

2- Se precisar alugar armário para deixar suas coisas, alugue na Cota 480. Sai mais barato e você não precisa descer até a base quando precisar de algo que deixou no armário.

3- Para não gastar absurdos com refeição ou lanches, levamos salgadinhos, água e etc para comer por lá (usando a cabana que fica o restaurante, ninguém falou nada), mas vale a pena tomar o chocolate quente de lá. Eu não achei graça no chocolate quente argentino, mas do Cerro Castor é o melhorzinho de todos.

4- Se você nunca esquiou, melhor comprar diária separada, eles não devolvem o dinheiro caso você compre mais dias (o casal que foi conosco não queriam mais voltar no outro dia e não conseguiram o reembolso, porém acabaram voltando).

5- Camera fotográfica sempre nos bolsos do casaco e fácil de pegar, a vista é linda.

6- Protetor solar e labial sempre, o sol quando bate na neve é pior que na praia, além do frio que também queima pele e resseca labios.

7- Verifique com o hotel ou pousada, tem vans que fazem transporte por 70 pesos por pessoa ida e volta, foi o valor mais em conta que achamos. Vale a pena e a própria pousada ou hotel agenda para você.

8- Vá preparada(o) para encarar o banheiro, aquela história, nem sempre está limpo ou falta papel higiênico.

9- Programe-se para sair o mais cedo possível pois as pistas estão abertas das 10:00 as 17:00, então chegando cedo aproveita-se mais da estação.

Para maiores informações, valores ou saber das notícias que acontecem no Cerro, visitem o site (tem em português).

Esta entrada foi marcada , , , por Nana.

6 Comentários para “Diário de Viagem: Cerro Castor {Vamos brincar na neve?}

  • Marcia Lima Palamim no dia escreveu:

    que fotos geniais!!!
    adorei os lugares e as paisagens!!!!

    Responder

  • Gislaine no dia escreveu:

    Que linda na neve!! Que bom que fez bonito no esqui!
    As paisagens parecem coisa de filme mesmo!
    Eu não sei se me adaptaria bem na neve, pois sou hiper frienta( falo essa palavra, acho que eu inventei).
    Mas tá legal demais sua postagem!

    Responder

  • Gustavo Marangoni no dia escreveu:

    Olá,

    eu tô indo a trabalho p/ Rio Grande agora na próxima semana e vou ter um final de semana por lá…. moro na Suécia, amo snowboard e vi as informacões de cerro castor em ushuaia que fica perto de rio grande.
    Achei seu blog pesquisando e, sem querer abusar, queria umas dicas rapidinhas. Como só vou ter dois dias, pergunta: quais restaurantes não posso deixar de ir, o que näo deixar de comer? Se tiver alguma outra dica da cidade tbém, lugares bons pra frequentar a noite, agradeceria…
    Valeu!!!

    Gustavo

    Responder

  • Fernanda no dia escreveu:

    Olá , vou para lá em setembro deste ano, você consegue me dar umas dicas? Você acha que em 3 dias consigo aproveitar ? Obrigado.

    Responder

    • Nana no dia escreveu:

      Oi Fernanda,
      o problema de setembro é a neve, já que é considerado final de temperada, em agosto quando fomos, só teve um dia que nevou para valer, os outros 5 dias não nevou. Dá uma olhada quando vocês chegarem para ver como está o clima e as condições no Cerro. Se vocês gostam de esquiar, três dias é ótimo. A cidade no inverno tem muita coisa para ser feita, dá uma olhada em outros passeios (a maioria é paga) que normalmente durão 4 horas.
      Se voltarmos, será para esquiar e ver outros passeios que não fizemos :)

      Bjs

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *