Pets Love!

Passeando com a Aimê no Parque Germânia

gepq2

Confesso que a Aimê é como filha para mim e não consigo ficar muito tempo longe dela, por esses motivos, acabo levando ela para lugares que ela consiga ir andando, que conseguimos carrega-la a pé ou que dependemos de carona ou táxi (claro, uma corrida econômica).

Aqui já andamos com ela dentro de shopping (sempre no colo, não vi se é permitido deixa-la no chão, mas no colo, os seguranças do shopping não falaram nada), já fomos em bares e padarias com áreas abertas (dentro não pode) e claro, praças e parques.

Esses dias fomos em um parque bem bacana que tem aqui em Porto Alegre, que é novo perto dos outros parques e super estruturado para quem tem cachorro!!

gepq1

O Parque Germânia tem um caminho de pedra bem larga para você fazer caminhadas com seu dog e outras pessoas aproveitarem também para andar de bicicleta ou skate. Tem várias quadras, espaço para as crianças, área de mata reservada (dizem que ali tem animais, mas não vi nenhum), é um parque limpo e o mais especial que me chamou a atenção, é o espaço reservado para os cachorros!!!

gepq4

gepq5

Quando eu estava em São Paulo, na Praça/Parque Buenos Aires também tinha uma área para soltar os cachorros (literalmente) e claro, os donos ficarem mais relaxados, conversando enquanto os seus filhos caninos brincavam. Mas era um espaço pequeno e normalmente, tinha muitos cachorros e a Aimê ficava estressada com todos os cachorros querendo cheira-la.

Quando eu ia na praça com ela, não entrava na parte dos cachorros por causa do seu stress com os outros caninos (era meu sonho, estilo Cesar Millan, deixá-la correndo e brincando com seus irmãos cães) e ficávamos no lado de fora, acompanhando o movimento dos outros cães.

Quando eu vi o espaço para os caninos no Parque Germânia, fiquei boba!!! É gigante perto da praça Buenos Aires, com bastante espaço para os cachorros correrem e tem até equipamentos para você fazer um agility com seu bichinho.

O único ponto negativo, é a questão do espaço embaixo da grade e da cerca. Quem tem cachorro pequeno, acaba se preocupando com isso, já que a Aimê e outros pequeninos, passam tranqüilamente por ali, caso se sintam ameaçados e queiram fugir.

gepq3

Olha a cara de felicidade e satisfação da pequena, super feliz com o seu passeio, em ter contato com a grama, de cheirar as árvores, poder andar muito e claro, com a companhia dos seus pais que ela tanto ama.

Sobre as praças: já fui em algumas praças (que são muitas), porém, fiquei com medo dela pegar algum bichinho ou se machucar,  já que achei as praças bem sujinhas e algumas, mal cuidadas. Eu ainda não me toquei como funciona a limpeza da cidade, mas parece que cada condomínio,  prédio que limpem as ruas e não tem gari como em São Paulo, para fazer em todas ruas. Logo, as praças que são de todos (algumas tem até quadra), não tem esse cuidado e as pessoas largam garrafas (vi algumas quebradas) e outros lixos no meio dela, o que é triste.

Quem quiser ter mais informação do Parque Germânia, clique aqui.

Ps.1: sempre leve com você água para dar ao seu filho canino, coloque uma plaquinha de identificação com o nome do cão, o seu e telefone de contato e claro, não esqueça dos saquinhos para recolher o cocô. Quem quiser, pode levar petiscos para recompensar o cão por bom comportamento ou como agrado.

Ps.2: Só saia com seu cão na rua com todas as vacinas em dia, vermífugado e com remédio de prevenção aplicado contra pragas (pulgas, carrapatos e etc).

Ps.3: Fora do espaço canino, sempre ande com o seu cão usando a coleira e guia.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *