Você conhece o Xis? Vem aqui que vou te apresentar o lanche mais famoso do Rio Grande do Sul.

- Categoria: Diário de Viagem, Papo de Menina

xis4

xis3

xis2

Vocês devem ter lido eu falar do “Xis”, um lanche tradicional daqui que não conquistou meu coração. Eu lhe apresento o lanche, nada mais é que um hambúrguer monstro, cheio de recheio e que cada lanchonete faz de um jeito, inventa uma nova maneira.

Aqui em Porto Alegre, todos os lanches que eu comi não conquistaram meu coração.

Primeiro que não curti a combinação do milho e da ervilha no lanche.

Segundo, alguns fazem o lanche prensado e por causa disso a maionese fica quente, junta o milho e a ervilha… sorry, não dá!

Vocês vão falar “ué, só mandar não colocar e não prensar” e eu faço sempre isso quando vamos comer um lanche com os amigos. Acabou sendo normal esse pedido de “paulista” enjoada que ama o Rio Grande do Sul.

Você pode escolher as seguintes carnes para recheio: carne, frango, lingüiça, coração de galinha, lombo de porco, fricassê e o famoso strogonoff, nada mais é que muito strogonoff dentro (se for tele-entrega) e fora do pão (se for comer no local).

Ok, fomos comer um xis em Tramandaí, escolhemos um local super famoso na cidade e que tinha mesas externas porque estávamos com a Aimê (que ficou na caixa de transporte ao meu lado).

Sabendo como eu sou chata, escolhi de carne normal que custou 12 reais com refri garrafinha, mas nem todos são esse preço…

Esse foi o primeiro xis que comi e amei, sério gente!!!

O lanche é um pão de hambúrguer de 20 cm com carne, ovo, presunto, queijo, batata frita, alface, tomate e muita maionese.

O pão foi passado na chapa antes de ser montado, por isso, nada de prensa no lanchinho. Eles ainda mandam um potinho cheio de maionese para você lambuzar a cara em cada mordida.

A carne poderia ser mais grossa, mas também, nem liguei. Amei a batata frita dentro do lanche.

Fiquei apaixonada por esse xis, que agora nem sei quando voltarei a comer, já que a lanchonete fica na praia.

Os outros lanches com mais ingredientes ou ingredientes “xisques”, tipo strogonoff, custavam em torno de 16 a 18 reais. Para quem não tem “gula” no coração, ou não está morrendo de fome, um lanche dá para ser dividido para duas pessoas.

xis1

Bem, não estou ganhando nada com isso, mas como foi aprovado pela “paulista” enjoada que ama o Rio Grande do Sul, segue o endereço:

Fernandes Bastos, 215 – Tramandaí/RS – site: www.xporrada.com

Prometo, que a próxima vez que formos comer um xis aqui em Porto Alegre ou qualquer outra coisa, perco a vergonha, tiro a câmera fotográfica, faço alguns cliques e falo aqui no blog, ok?!