Molho Branco Vegano | Bechamel Falso

Molho Branco Vegano - Creme de Couve Flor

Molho Branco Vegano ou Bechamel Falso – essa receita é especial para você:

– que gosta de couve-flor (senão de nada adianta);
– que quer experimentar novos sabores;
– aos meus amigos leitores vegetarianos ou veganos;
– gosta de carne, legumes, verduras etc;
– ou tem alguma tolerância ou alergia alimentar.

Sabe quando precisa de uma receita especial para a Ceia de Natal ou de Ano Novo? Já que terá alguém que tem alguma tolerância ou simplesmente não come carne ou seus derivados?

Então posso dizer: achou o seu molho base para preparar qualquer prato maravilhoso, que pode ser uma bela lasanha ou até uma saborosa sopa.

 

Vamos cozinhar?

 

Receita de Molho Branco Vegano – Creme de Couve-flor – Sem Lactose e sem glúten*

Molho Branco Vegano - Creme de Couve Flor

 

 

Ingredientes

 

200 gramas de couve flor
1 e 1/2 xícara de chá de água ou caldo de legumes
1/2 cebola cortada em cubinhos pequenos
1 dente de alho picado
2 colheres de sopa de farinha de trigo*
2 colheres de sopa de azeite
Noz moscada, sal e pimenta do reino a gosto

 

*Para quem tem tolerância a glúten, pode usar a mesma quantidade de farinha de arroz (ou qualquer outra de origem vegetal) ou maisena (esse último, misturado no caldo de legumes ou na água).

Outra dica que vale ouro: quem quiser, pode trocar o caldo de legumes por leite vegano.

 

 

Molho Branco Vegano - Creme de Couve Flor

 

 

Modo de Preparo

 

Em uma panela com bastante água, coloque a couve-flor para cozinhar.

Quando a água começar a ferver, deixe cozinhando por 15 minutos ou até que ela fique bem macia.

Retire a couve-flor da água e em um liquidificador, bata-a com o caldo de legumes (ou água ou leite vegano) , até ficar um creme homogêneo e liso.

Reserve.

 

Em uma panela (pode ser a mesma do cozimento), coloque o azeite, a cebola e o alho para dourar.

Adicione a farinha de trigo e mexa bem, até formar um roux (uma massinha mole).

Adicione o creme de couve-flor e misture bem usando um fouet.

 

Vai usar a maisena?

Bata junto com a couve-flor no liquidificador.

 

Posso adicionar esse roux e bater novamente no liquidificador ou no mixer?

Pode sim!

 

Mexa o creme em fogo médio para baixo até engrossar, apague-o e tempere com sal, pimenta e noz moscada.

 

Sirva logo em seguida ou use o seu Molho Branco Vegano para preparar uma lasanha, macarrão, arroz de forno ou sopa nos dias frios.

 

Receitas bases para criar esta receita é daqui e daqui.

 

 

Molho Branco Vegano - Creme de Couve Flor

 

Ps.: o gosto não fica igual a um molho branco tradicional, então, nada de fazer achando que encontrou um substituto para o tradicional e velho Molho Bechamel.

Dá para sentir tranquilamente o gosto da couve-flor!

Mas é uma alternativa saudável, ótimo para quem tem alguma tolerância alimentar ou para quem é vegano / vegetariano.

 

Quer a receita do velho e bom Molho Branco Tradicional? O conhecido Bechamel?

Clique aqui.

 

Gostou dessa Receita de Molho Branco Vegano? Compartilhe nas suas mídias sociais. Não esqueça de seguir o Manga com Pimenta nas Redes Sociais. Fez essa receita? Marque no instagram com a hashtag #blogmangacompimenta e também marque @blogmangacompimenta, adoramos ver as fotos e resultados :)

Participe da Comunidade do Manga com Pimenta do Google+. Clique aqui ! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e até prosear um pouco. Também siga o meu perfil no Pinterest. Ah, inscreva-se no Youtube – clique aqui, toda segunda-feira tem episódio novo :)

 

Molho Branco Vegano - Creme de Couve Flor

2 comentários para “Molho Branco Vegano | Bechamel Falso”

  1. Olá!
    Gostei muito da receita,pois há tempos estava procurando um molho branco sem leite/creme de leite animal.
    Uma dica nó que não ingerimos determinados alimentos temos alergia,somos vegetarianos/veganos ou temos intolerância (vc citou tolerância).
    Muito obrigada!

    1. Oi Geisa, que bom que gostou!

      Sim, desculpa escrevi errado no texto, além dos vegetarianos / veganos, é ótimo para quem tem alergia ou tolerância a algum alimento.

      Vou arrumar.

      Abraços,

      Nana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *