Meus primeiros dias sendo Mãe – Feliz Dia das Mães

- Categoria: Gravidez, Maternidade, Papo de Menina

Esse é o meu primeiro Dia das Mães com o meu pequeno e por esse motivo, decidi falar sobre essa grande experiência e mudança que esta acontecendo na minha vida:

 

Meus primeiros dias sendo Mãe – Feliz Dia das Mães

Meus primeiros dias sendo Mãe - Feliz Dia das Mães

 

Se você é mãe de primeira viagem, esqueça tudo que imaginou com a chegada do bebê.

Aquele sentimento romântico de quando nos tornamos mãe, estilo conto de fadas, não existe; A realidade é outra minha amiga ou amigo, mas isso não quer dizer que tudo isso não é lindo e mágico.

Começando pelo parto, eu já tinha idealizado um parto natural na minha cabeça e no dia do nascimento, uma médica transformou o meu momento em parto cesárea.

No nascimento, esperava segurar o meu filho, cheirar e encher de beijinhos… queria sentir aquele sentimento de “amor à primeira vista”, mas não consegui ver o rosto dele direito nas 6 primeiras horas :(

Na hora do parto o meu filho ficou uma hora deitado no peito, mas com a carinha virada para os meus seios, e com a anestesia, acessos e aparelhos ligados aos meus braços, a única coisa que conseguia era falar: “oi meu passarinho, meu filho, bem-vindo”…  Foi necessário o Cliente Vip tirar uma foto para ver o rostinho dele.

Falando em seios, quem foi a alma que decidiu ilustrar as propagandas de aleitamento materno como fosse a coisa mais linda do mundo?

A cada hora que precisava amamentar, era um momento repleto de dor, gritos e choro. Claro, as enfermeiras falando “deve ser a pega, é isso, é aquilo…” até descobrirem que ele mordia e ainda morde todo começo de mamada.

Também estranhei um pouco meu filho nos primeiros dias, tentando encontrar algo que lembrasse eu ou minha família quando bebê;

Juro, precisa fazer um teste de DNA em mim, o guri é a cara do pai. :)

Não preciso dizer as horas de sonos picadas e perdidas, não é? E a falta de tempo, banhos rápidos, cabelo sem pentear ou pintar, cara limpa e etc ?

Mas espera aí, não teve momentos bons?

Sim, a cada minuto criamos mais vinculo e amor.

Descobri que sou uma mãe que as vezes perde a paciência (com pitacos dos outros, principalmente), mas que tenho toda a paciência do mundo para o meu bebê.

Fico feliz com cada mamada, mesmo sofrendo com cada sugada. Principalmente quando sabemos que o bebê está engordando e crescendo com o alimento que estou proporcionando para ele.

Outro momento mágico é que a cada choro, é o meu cheiro que acalma o meu pequeno…

Eu adoro quando ele adormece nos meus braços, pega os meus dedos e adora escutar as canções de ninar.

Ser mãe não é nada daquilo que um dia eu pintei na minha cabeça, é algo totalmente diferente, é um amor que não é nem um pouco parecido com o amor à primeira vista, é um amor maduro, cheio de ternura e cuidado, não tem explicação…

A maternidade doí no corpo e na alma, mas traz suas recompensas, aquele sorriso maroto mostrando o quanto é feliz!!

Eu sei, que tem muita coisa vindo por aí, muitas alegrias, algumas tristezas, batalhas para serem vencidas e perdidas. Sei também que vivi bastante com esse um mês e pouco sendo mãe e não troco por nada, já que o meu filho é tudo para mim.

Feliz Dia das Mães, hoje e sempre. Obrigada por tudo, principalmente por  acompanhar essa nova fase das nossas vidas.

Beijos da Naninha, Cliente Vip, Otto e lambidas da Aimê (minha filha amada canina).

 

Gostou dessa postagem de Meus primeiros dias sendo Mãe – Feliz Dia das Mães? Compartilhe nas suas mídias sociais.
Não esqueça de seguir o Manga com Pimenta nas Redes Sociais.

Não esqueça de participar da Comunidade do Manga com Pimenta do Google+.  Clique aqui ! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e até prosear um pouco.

Também siga o meu perfil no Pinterest e no instagram @blogmangacompimenta .

Ah, inscreva-se no Youtube – clique aqui, toda segunda-feira tem episódio novo :)

Save