Porque os casamentos de antigamente duravam?

Porque os casamentos de antigamente duravam?

Frases retiradas de revistas femininas das décadas de 50 e 60:

“Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu  carinho e provas de afeto, sem questioná-lo.”
Revista Claudia, 1962

“A desordem em um banheiro desperta no marido a vontade de ir tomar  banho fora de casa.”
Jornal das Moças, 1965

“A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas, servindo-lhe  uma cerveja bem gelada. Nada de incomodá-lo com serviços ou notícias  domésticas.”
Jornal das Moças, 1959

“Se o seu marido fuma, não arrume briga pelo simples fato de cair cinzas  no tapete. Tenha cinzeiros espalhados por toda casa.”
Jornal das Moças, 1957

“Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas.”
Jornal das Moças,1957

“O noivado longo é um perigo, mas nunca sugira o matrimônio. ELE é quem decide – sempre!”
Revista Querida, 1953

“Sempre que o homem sair com os amigos e voltar tarde da noite espere-o linda, cheirosa e dócil.”
Jornal das Moças, 1958

“É fundamental manter sempre a aparência impecável diante do marido.”
Jornal das Moças, 1957

“O lugar de mulher é no lar. O trabalho fora de casa masculiniza.”
Revista Querida, 1955

“A esposa deve vestir-se depois de casada com a mesma elegância de solteira, pois é preciso lembrar-se de que a caça já foi feita, mas é preciso mantê-la bem presa”
Jornal das Moças, 1955

Eu já tinha recebido isso por e-mail a longos e longos anos atrás, navegando na internet, me reparo novamente com essas perólas editoriais. Acredito que naquela época, as revistas femininas eram escritas por homens, para nos controlar no lar doce lar, coitados… coitados, não é?!

Não esqueçam de participar do Concurso da Rubbermaid, só clicar aqui.

Fonte: Caderno R Mulher

Se você gostou dessa postagem Porque os casamentos de antigamente duravam?, compartilhe nas suas mídias sociais e aos seus amigos.
Não esqueça, de seguir o blog Manga com Pimenta nas Mídias Sociais. :)

Não esqueça de participar da Comunidade do Manga com Pimenta do Google Plus. Clique aqui para participar! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e prosear um pouco.

Também siga o meu perfil no Google Plus: +NanaRicchetti e no instagram @blogmangacompimenta confira as ultimas novidades por lá.

13 pensou em “Porque os casamentos de antigamente duravam?

  1. Telma Maciel

    COITADOS com força! huahauhau
    Com certeza foram escritas por homens – desentendidos demais – pois as mulheres não podiam trabalhar fora, né? Ô dó!
    Tem que rir! MUITO mesmo! hueheuheu
    Beijos

    Responder
  2. Patricia Daltro

    Hoje estas pérolas nos fazem rir, mas como tivemos que lutar para que elas tivessem apenas esse efeito na nossa vida!
    É curioso ver como avançamos e, como ainda tem gente presa nesse passado tão repleto de preconceitos!

    Responder
  3. Laura

    Olha, não posso ficar muito tempo escrevendo aqui, ou até mesmo lendo blogs, pois preciso espalhar os cinzeiros pela casa, e até mesmo me embelezar para a chegada do marido, kkkkkk! Ü

    Responder
  4. Adriana

    Acho que eram mulheres mesmo que as escreviam, pois esse era o pensamento em décadas passadas, que a mulher pertencia ao homem e que devia fazer tudo para agradá-lo e não perdê-lo para outra “mais capacitada”. Se pensarmos bem, hoje em dia não é muito diferente, só que as mulheres empenham-se em ser sexy e não prendadas, mas o objetivo é o mesmo, prender seu homem…
    Bj
    Adri

    Responder
  5. Lilian

    É engraçado ver as garotas sorrirem por causa do post. Mais tudo ai tem um fundo de verdade. Se foram escritos por homens ou não é exatamente isso que se passa pela cabeça deles. Os tempos mudaram, é verdade, mas o desejo de ter um casamento duradouro não. Por pensamentos como os de vocês é que temos tido tantos divórcios. O casamento não é ter felicidade e sim fazer o outro feliz. É impressionante que um post tão rico de informações tenha mostrado somente o lado negativo para vocês!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.