Papo de Menina

Diário de uma… gorda?! – Parte 1

emagrecimentomangacompimenta-01

Bem, quem já me conhece (mesmo virtualmente) sabe que eu vivo em uma sanfona de emagrece e engorda, acho que desde eu completei vinte anos, sofro com isso e morro com isso.
Mas o meu caso é algo chamado ansiedade que atrapalha a minha vida a muito tempo. Não adianta falar “faça regime e exercícios que você vai conseguir emagrecer”, precisamos cuidar da mente também.

Como cuidar da mente?
Bem, você tem várias opções, a mais correta é procurar um psicólogo ou um psiquiatra. Quem quiser, poderá ver vários artigos e vídeos sobre meditação, procurar pessoas especializadas em ensinar a controlar a mente e ter uma vida mais serena e calma. Essa foi a minha segunda opção e não me arrependo sobre essa escolha.

Para quem já tomou remédio (o meu caso), você acaba ficando dependente daquilo. Quantas vezes eu parei e pensei em procurar um médico para voltar a tomar fluoxetina?
Mas já cansei de ver pessoas falando “que é um vício e você não consegue sair tão fácil” quando decide parar. Eu só tomei durante 3 meses na minha vida e realmente, é algo de louco, parece que você vive em um mundo zen a séculos, parei de tomar sem crises e voltei a engordar um ano depois.

Por que não voltei a tomar?

Foi um dos pedidos do meu marido, não voltar a tomar remédio. Passei a crise dos 30 anos em pleno momento de guerra mental, mas sobrevivi (eu e vários leitores que me acompanham o blog desde o começo, quando era no blogspot), olha que oportunidade de voltar a tomar fluoxetina tive viu.

Ano passado eu sofri outra guerra mental, eu vou ser sincera, não queria voltar para o Brasil depois da minha viagem. Aqui é o meu país, é aonde nasci, mas não dá para viver em um lugar perigoso, aonde o ladrão tem mais respeito que uma pessoa honesta, a falta de amor das pessoas e etc… enfim, chegou a depressão em mim, gerando até uma crise de pânico. Foi aí que eu mergulhei no mundo da meditação e vocês não sabem como está me ajudando a controlar a minha ansiedade.

Quando você consegue controlar o seu “outro eu”, começa a perceber que precisa mudar os hábitos. Já cansei de falar aqui no blog que já trabalhei mais de 14 horas por dia, troquei o dia pela noite, fiquei sem finais de semana e etc. Uma hora o corpo e a mente também cansam e isso ajuda demais a ansiedade a tomar conta da sua vida. Além do cansaço mental que parece que nunca vai embora.

Meu segundo passo: mudei os meus hábitos.

Estou conseguindo ir dormir cedo e acordar as 4h30 para meditar e praticar exercícios físicos. O meu dia rende muito mais do que antes. Outra coisa que eu reparei, a comunicação aqui em casa ficou melhor com essa pequena mudança (que por sinal, foi dos dois!).

Como estou muito sedentária e gorda, exercícios estão sendo inseridos gradualmente na minha rotina diária, mesmo que seja uma “dancinha” na hora de cozinhar o almoço ou a janta.

emagrecimentomangacompimenta-02

O terceiro passo, ainda não comecei a aplicar na minha rotina, na verdade, estou aplicando aos poucos, que é a alimentação. Dessa vez, eu não vou seguir dieta e sim, só vou me organizar com a reeducação alimentar. Nada de comer comidinhas da padaria, nada de procurar lanches nos botecos e vou cortar os doces, pães, massa, frituras… ah refrigerante já diminui bastante e não me faz falta, acho que tomo 2 a 3 vezes por mês uma latinha. Logo logo, estará fora da minha vida.

Sobre tomar água, é um caso sério, mas também estou tentando mudar isso. Eu não tomo água, é verdade e isso é terrível.

Então, a alimentação vou deixar para futuras postagens e espero que tenha várias postagens falando sobre isso, que eu não desista de escrever sobre esse assunto. Sabem como é, ariana, logo pensa, começa executar e esquece de tudo para começar novo projeto.

Só tem um porém, eu não vou desistir e quero chegar aos 40 anos de bem comigo mesma, obrigada! Antes que alguém fale, faltam seis anos, é muito tempo e ao mesmo tempo é pouco, quando eu piscar os olhos, já se passou um ano da minha vida.

É isso, uma pequena introdução para esse novo diário, que não é a loka da dieta milagrosas e acredito que isso “quebrou as minhas pernas” quando comecei a trajetória de emagrecer no ano passado antes de viajar.

Essas imagens, eu vou colocar na fanpage (clique aqui e curta), para vocês compartilharem e entrar nesse projeto comigo.

Espero que tenham gostado, até o próximo diário.

5 Comentários

  • Adelaide

    Adore….sofremos dos mesmos males….o principal realmente é a ansiedade, quando conseguimos controla-la tudo fica melhor. Conte comigo nessa nova etapa. Estou na mesma luta e sei que teremos como vencê-la.
    Muita Luz e Paz
    Abraços

  • lili

    Fluoxetina não tomo nunca mais. Fiz Vigilantes do Peso e coloquei 2 horas diárias de exercícios de segunda a segunda na minha vida. Sim, garanto que é possível, mesmo trabalhando e cuidando da casa. Emagreci 12 kg a 10 anos e nunca mais engordei. O único efeito colateral foi ter ficado viciada em caminhadas.

  • Renata Tedeschi

    Nossa, sabe quando você se encaixa em uma situação? Mas ainda não consegui controlar minha ansiedade, e ela fez eu engordar 10kg no ultimo ano… Fico muito brava comigo, mas até hoje não fiz nada para mudar a situação :(
    Espero que você continue firme e forte nessa nova resolução.
    Beijos

    • Flávia Pan

      Meu efeito sanfona são de apenas 2, 3 kgs, mas isso já basta pra me deixar descontente (jamais infeliz!). Minhas crises de ansiedade alteram entre MUITA fome e ZERO fome. E vou levando. Porém agora com alta taxa de colesterol (mesmo sendo magra) estou me vendo obrigada a mudar os hábitos alimentares e abandonar o vício pelo chocolate. Desejo muito sucesso pra vocÊ, já certa de que vai conseguir. Pra vocÊ, pra mim e pra quem mais precisar: Só Por Hoje!!! bjks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.