Arquivo do Autor: Cliente Vip

Peixe à moda Bahamense

Peixe à moda Bahamense – Nos posts passados, eu comentei com vocês que, nos últimos tempos, eu venho sempre procurando receitas diferentes de peixes e frutos do mar.

A indicação que eu recebi, após a consulta com a nutricionista, foi ingerir carne de peixe e similares três vezes por semana e derivados de aves duas vezes e carne vermelha uma ou duas vezes por semana.

Desta vez, fui inspirada pelo paraíso conhecido como Bahamas.

A culinária do arquipélago gira, natural e principalmente, em torno dos peixes e frutos do mar – não tinha como ser diferente, né?

A principal especialidade do país são as chamadas conchas, mas confesso que não é essa a receita de hoje.

Explico o porquê: nas Bahamas, as conchas são comidas em saladas, cozidas no vapor, fritas ou mesmo cruas, entretanto não se trata de um ingrediente muito acessível.

Além disso, não é nada fácil de encontrá-las aqui, pois são típicas do mar caribenho.

Assim, hoje vamos adaptar uma receita típica bahamense de garoupa, que, assim como a anchova, é um peixe muito utilizado na culinária do país.

A garoupa é aquele peixe estampado nas cédulas de R$ 100,00 brasileiras.

Eles são típicos de oceanos tropicais, sub-tropicais e temperados. Podem atingir até 2,40 metros e são predadores.

Sua carne branca e saborosa é muito apreciada na culinária, mas a espécie está ameaçada de extinção devido à pesca intensa dos animais.

No Brasil, existe o Projeto Garoupa que visa proteger e evitar a extinção da garoupa através da criação de larvas em cativeiro para reprodução assistida.

 

Peixe à moda Bahamense

Peixe à moda Bahamense

Sendo assim, devido a essa inviabilidade de usarmos a garoupa, eu a substituí pela pescada amarela e peguei como base a receita do site gringo CDKitchen.

Como toda receita, acredito que devemos ir adaptando ao nosso gosto, então, se tiver algum ingrediente que você goste e acha que vai combinar com o prato, não hesite em colocar.

 

Peixe à moda Bahamense

Preparo10 mins
Cozimento20 mins
Tempo Total30 mins
Prato: Peixes e Frutos do Mar
Cozinha: Comidinha que faz bem e é uma delícia
Autor: Cliente Vip

Ingredientes

  • 1 kg de filé de pescada amarela sem pele
  • 2 limões
  • sal a gosto
  • 3 colheres de sopa de margarina
  • 2 xícaras de água
  • 500 g de batatas fatiadas
  • 1/2 de chá de alho picado
  • 1 colher de sopa de salsa picada
  • pimenta a gosto
  • 2 cebolas grandes fatiadas
  • 1/2 xícara de salsão picado

Modo de Preparo

  • Antes de mais nada é preciso lavar o peixe e espremer o suco de um limão sobre os filés.
  • Em seguida, salpique o sal.
  • Em uma frigideira, coloque a água, margarina e leve ao fogo médio-alto.
  • Adicione as batatas, o alho, a pimenta, a salsa e mais o suco de um limão.
  • Deixe ferver e cozinhar por cerca de 10 minutos ou até que as batatas estejam quase prontas.
  • O próximo passo é adicionar o peixe, as cebolas e o salsão.
  • Reduza o fogo imediatamente e cubra, para que o peixe cozinhe, em fogo baixo, por cerca de 10 minutos ou até ficar no ponto.
  • Evite cozinhar demais ou deixar a água ferver.

 

Achei essa receita bem prática, principalmente por levar apenas uns 30 minutos, e ela serve de 4 a 5 porções.

 

Gostou dessa Receita de Peixe à moda Bahamense? Compartilhe nas suas mídias sociais. Não esqueça de seguir o Manga com Pimenta nas Redes Sociais. Fez essa receita? Marque no instagram com a hashtag #blogmangacompimenta e também marque @blogmangacompimenta, adoramos ver as fotos e resultados :)

Participe da Comunidade do Manga com Pimenta do Google+. Clique aqui ! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e até prosear um pouco. Também siga o meu perfil no Pinterest. Ah, inscreva-se no Youtube – clique aqui, toda segunda-feira tem episódio novo :)

 

Ensalada Malagueña {Receitas do Bem}

Como contei para vocês algum tempo atrás, desde que a minha nutricionista pediu para que eu comesse peixe pelo menos três vezes por semana, tenho procurado receitas diferentes com peixes e frutos do mar.

Como a dieta mediterrânea é uma das mais saudáveis – ela chega até mesmo a ser melhor que exercícios para prevenir doenças cardíacas, como dá para ver aqui – muitas vezes eu acabo escolhendo uma receita de alguma região que siga este estilo de alimentação.

A escolhida da vez foi a “Ensalada Malagueña”!

Ela é uma receita de salada de batata tradicional de Marbella, uma cidade no sul da Espanha famosa pelo seu roteiro gastronômico incrível e paraíso para quem gosta de cozinha com frutos do mar, tapas e paella.

 

Ensalada Malagueña {Receitas do Bem}

Ensalada Malagueña {Receitas do Bem}

Ensalada Malagueña

Fonte: Flickr

Quando a gente pensa em salada de batata, normalmente a primeira imagem que vem na cabeça é a “salada de maionese” ou “salada russa”.

Este tipo de salada é gostosa e dá para conferir a receita completa da minha versão clicando aqui. Mas, como eu mesma falei quando passei a receita, acabo comendo sem maionese porque prefiro assim…

Então já dá para imaginar a minha surpresa e felicidade quando descobri uma receita de salada de batata super gostosa e saudável que não vai maionese!

O modo de preparar é meio parecido com a salada russa, mas além da batata os ingredientes principais são peixe, azeitona e laranjas! A receita original que eu usei como base é do site em inglês Devour Malaga e o peixe que a autora usa é o bacalhau.

Mas como este peixe é meio caro e não daria para fazer sempre, é só colocar um pouco mais de sal dá para fazer com tilápia que a receita continua uma delícia e não pesa tanto no bolso!

Além disto, eu adicionei pimentão verde e tomate e achei que ficou mais gostosa, mas isto já vai do gosto pessoal de cada um!

 

Ingredientes

 

300 g de Bacalhau ou 300 g de Tilápia
1 kg batatas, descascadas e cortadas em pedaços
5 laranjas descascadas, sem sementes e cortadas em pedaços
2 colheres de sopa de vinagre balsâmico – de preferência de cereja, mas pode ser o comum
4 ovos cozidos com a gema dura cortados em pedaços
1 cebola picada em cubinhos
1 Tomate picado em pedaços de tamanho médio (opcional)
1 Pimentão verde, sem semente e picado em cubinhos (opcional)
Sal a gosto
Azeite de oliva a gosto
Azeitonas verdes ou pretas, sem sementes e picadas a gosto

 

 

Modo de Preparo

 

Primeiro você vai precisar dessalgar o bacalhau – aqui como fazer isto de um jeito rápido.

Depois disto você vai secá-lo com papel toalha e cuidadosamente remover qualquer pele ou ossos que sobrarem.

Se você for utilizar a tilápia pode pular este passo, mas não esqueça de assar ambos os peixes!

Em seguida lave, descasque as batatas e coloque-as numa panela grande coberta de água.

Adicione uma colher de sal na água e cozinhe as batatas em fogo alto.

Quando faltar metade do tempo para elas ficarem prontas, coloque os ovos em outra panela com água para que eles sejam cozidos.

Quando os dois estiverem prontos, corte todos os ingredientes – peixe, batatas, ovos, cebola, laranjas, azeitonas, tomate e pimentão verde – nos tamanhos apropriados e misture-os em uma tigela grande.

Depois você só precisa adicionar o vinagre balsâmico, o azeite e o sal a gosto e a salada estará pronta para servir!

A quantidade de sal do prato depende muito do peixe que você utilizar – mesmo dessalgado o bacalhau ainda tem bastante sódio – então tome cuidado para não exagerar!

Gostou dessa Receita de Ensalada Malagueña? Compartilhe nas suas mídias sociais.
Não esqueça de seguir o Manga com Pimenta nas Redes Sociais.
Fez essa receita? Marque no instagram com a hashtag #blogmangacompimenta e também marque @blogmangacompimenta, adoramos ver as fotos e resultados :)

Participe da Comunidade do Manga com Pimenta do Google+. Clique aqui ! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e até prosear um pouco.

Também siga o meu perfil no Pinterest.

Ah, inscreva-se no Youtube – clique aqui, toda segunda-feira tem episódio novo :)

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Vocês acham que o mundo é só comida ?

Vocês estão certos !

Brincadeiras à parte, essa postagem vem falar de duas coisas que eu amo, comida ( em todos suas partes, como fazer, como acontece a quimica dos produtos, sabores, texturas, aromas ) e fotografia.

Recentemente passeando em busca de inspiração para um determinado trabalho, achei esse fotógrafo e salvei algumas de suas imagens para um dia postar e compartilhar com vocês algo que achei bem interessante, a combinação de comida com a fotografia de paisagens.

Consegue identificar todos os alimentos ? Repare bem, nas árvores, nos caminhões…

Já reparou do que é feito o mar nessa imagem ? E as rochas ?

E essa costa ? Rochas são peixes, crustáceos, o mar usando peixes também !!

Deu até fome essa floresta cheia de coisa boa !

Que tal essa doca feita de biscoitos ?

Peixe Pitaya ?

Um vilarejo que é uma delícia, literalmente !

Cachoeira de Leite ? Montanha de pão ?

Lugar de comida é na cozinha !

E o telhadinho feito de macarrão ?!

Olha que bacana esse cenário, parece europeu !

E é claro, “Sempre teremos Paris” ( Frase do filme Casablanca )

Veja mais imagens bacanas do fotógrafo Carl Warner. Espero que tenham gostado !! Uma ótima semana a todos !

 

Diário de Viagem: Praça Malvinas

Olá pessoal, nessa postagem vou falar um pouco das Ilhas Malvinas, não, não fomos até lá ( infelizmente, fica pra uma próxima ), mas tivemos a oportunidade de conhecer a Plaza Islas Malvinas, em Ushuaia, onde estão lembranças, fotos, monumento e homenagens a estes, que na minha opinião e dos argentinos também, são reconhecidos como os “Heróis das Malvinas”.

A Guerra das Malvinas, aconteceu a cerca de 30 anos atrás (completos em abril deste ano) e contribuiu para a queda da ditadura militar argentina em 1983. Enfim, o assunto ainda é algo sensível para se falar na Argentina, principalmente em Ushuaia, onde foi o principal porto e base durante o conflito. Em diversas fotos na praça e textos sobre a guerra, é possível perceber que o interesse da Argentina nas Ilhas Malvinas não é semelhante ao do Reino Unido, talvez por isso os britânicos não sejam tão bem vindos em Ushuaia.

De qualquer forma ao chegar na praça sente-se o clima triste, pensando agora, lembro que durante minha caminhada e fotos, não pronunciei uma só palavra, apenas li, aprendi mais sobre a história e consequentemente, respeito mais ainda os “caídos”, homens que bravamente lutaram e mesmo em desvantagem militar, concluíram feitos incríveis, de extrema inteligência frente aos navios britânicos.

Na praça pode-se apreciar, além das fotos e diversas placas em homenagem, o Monumento “Abrazo Emotivo”, com o nome de todos aqueles que lutaram nas Malvinas e pereceram, juntamente com uma chama eternamente acesa, com os dizeres referentes ao Trigésimo aniversário da Guerra das Malvinas ( 2 de Abril de 1982), mas o que me emocionou mesmo, foram textos, em duas placas carregados de sentimento. Infelizmente os britânicos venceram, mas a Argentina até hoje busca soberania das Ilhas, com meu apoio !
Como vi em diversas faixas por lá : Las Malvinas Són e Serán siempre Argentinas !

(*Postagem escrita pelo Cliente Vip)

Cliente Vip “In Box” – Rolinho Primavera

De volta de um looongo período sem escrever aqui… mentira, foi um pouco só que vocês ficaram sem o Cliente Vip, :D mas voltei com uma receita bem legal de Rolinho Primavera ou Harumakis, para os amantes da cozinha oriental, podendo deixá-la vegetariana e facinho de fazer.

Como sei que a Nana e várias pessoas gostam, resolvi fazer e desta vez com fotos passo-a-passo de como enrolá-los igual os do “chinês na caixa”.

Harumaki – Rolinho Primavera

Cliente Vip "In Box" - Rolinho Primavera

Ingredientes

Massa:
½ colher (chá) de sal
1 xícaras de água
2 xícaras de farinha de trigo

Molho Vermelho Doce (agridoce):
sal a gosto
3 colheres (sopa) de ketchup
1 colher(sopa) de vinagre branco
1 xícara de açúcar
1 xícara de água
1 colher (sopa) de amido de milho (maisena)

Recheio:
cebolinha e salsinha a gosto
pimenta-do-reino a gosto
sal a gosto
300 g de peito de frango moído (caso queira fazer vegetariano exclua o frango e a carne de porco)
200 g de carne de porco moída (usei lombo)
1/2 cebola fatiada
2 colheres (sopa) de molho de soja (shoyu)
1 cenoura média ralada
1/2 repolho médio cortado bem fino

Modo de Preparo

Massa: numa tigela funda coloque a farinha, faça uma depressão no centro e coloque água e o sal. Misture até virar uma massa homogênea e pegajosa. Cubra com um pano e deixe na geladeira por 4 horas.

Na hora do preparo, aqueça uma frigideira pequena untada com óleo até ficar morna. Retire um pouco da massa e passe com os dedos ou o palmo da mão pela frigideira, formando uma panqueca bem fina. (ótimo vídeo ensinando a técnica no youtube)

Cozinhe mas sem dourar. Vire e deixe cozinhar do outro lado. Repita o procedimento com a massa restante.

Se preferir e eu recomendo, pois é difícil fazer a massa fininha, compre a massa pronta, vai adiantar um bocado o trabalho.

Recheio: numa panela acrescente as carnes, os legumes misture e refogue por cerca de 10min ou quando os legumes ficarem macios, mas não totalmente cozidos. corrija o sal, retire do fogo e acrescente cebolinha verde.

Minha dica: Para o recheio, no lugar do sal usei, Hondashi, um tempero japonês ótimo para carnes.

Recheie cada massa com essa mistura e enrole (imagem abaixo mostrando como fazer).

Para fechar, prender a pontinha da massa, molhe a ponta dos dedos e passe na ponta da massa até ficar presa.

Frite em óleo quente até dourarem. Escorra em papel toalha.

Molho: dissolva a maisena em meia xícara de água. Numa panela, coloque o restante da água, o vinagre, o açúcar, o ketchup e sal. Leve ao fogo e cozinhe até o molho ficar transparente e cremoso. Sirva à parte, com os rolinhos.

Cliente Vip "In Box" - Rolinho Primavera

どうぞめしあがれ (douzo meshiagare) ou Bom Apetite !

 

Se você gostou dessa Receita de Rolinho Primavera, compartilhe nas suas mídias sociais e aos seus amigos.
Não esqueça, de seguir o blog Manga com Pimenta nas Mídias Sociais.
Quem fez essa receita, marca no instagram com a hashtag #blogmangacompimenta e me marcar @blogmangacompimenta, que vou adorar saber do resultado :)

Não esqueça de participar da Comunidade do Manga com Pimenta do Google Plus. Clique aqui para participar! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e prosear um pouco.

Direto da Noruega – Bringebær Kake {Tarte de Framboesa}

Buenas Pessoal ! Mais uma semana, mais uma sobremesa minha (Cliente Vip). Bem, na verdade não é minha originalmente a receita, é de um livro de culinária da Escandinávia (Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia). Essa no caso, é da Noruega.
Mas calma lá, não precisa falar norueguês, a receita está em português viu :D !

Bringebær Kake – Tarte de Framboesa

Bringebær Kake {Tarte de Framboesa}

Ingredientes:

Base
400g de farinha de trigo
1 pitada de sal
150g manteiga 3/4 tablete de manteiga
1 colher(sopa) de açúcar
2 gemas de ovo

Creme de limão
1 gema de ovo
400ml leite
200ml creme de leite
1 colher(sopa) farinha de trigo
2 colher(sopa) de açucar
suco de 1 limão (opcional – 3 a 5 gotas de essência de baunilha, tende a pronunciar mais o sabor e aroma de baunilha que do limão mantendo a acidez)
raspas de limão (confere ao creme um aroma ótimo)

Cobertura – decoração
250g de framboesas frescas / 300g se congeladas
2 colheres (sopa) açúcar

Modo de Preparo

Pré Aqueça o forno a 200 graus. coloque a farinha e o sal numa tigela, em seguida esfarele a manteiga até a mistura se parecer com pão ralado.
Acrescente o açúcar e após as gemas de ovo. Bata até obter uma massa lisa e homogênea, amassando levemente. Se necessário adicione um pouco de água.
Forre uma forma de cerca de 23cm de diâmetro após asse a massa coberta, tampada por cerca de 10min ou até dourar. Aguarde esfriar e desenforme. (eu mantive na forma até terminar tudo e aconselho o mesmo :) )
Para o Creme de limão, bata numa caçarola ou tigela o açúcar, leite,  a gema, creme de leite e suco de limão, após cozinhe em fogo baixo mexendo sempre até obter um creme espesso e uniforme,  durante tal processo coloca-se as rapsas ou a essência de baunilha caso queira.
Uma sugestão eventualmente tire do fogo e mexa bem, para arrefecer. Após pronto o creme, preencha a tarte com o creme e reserve. (deixei de um dia pra outro na geladeira, resultando num creme mais firme parecido com o cheese cake.)

Cobertura

Distribua as framboesas, e polvilhe com açucar.
Se optar pelas framboesas congeladas, o açúcar se mistura com o suco da fruta, auxiliando também no descongelamento dela. dando à tarte um aspecto igual ao da foto.

Sirva frio.

Vær så god! Vel bekomme! (Bom Apetite !)

Se você gostou dessa Receita de Bringebær Kake {Tarte de Framboesa}, compartilhe nas suas mídias sociais e aos seus amigos.
Não esqueça, de seguir o blog Manga com Pimenta nas Mídias Sociais.
Quem fez essa receita, marca no instagram com a hashtag #blogmangacompimenta e me marcar @blogmangacompimenta, que vou adorar saber do resultado :)

Não esqueça de participar da Comunidade do Manga com Pimenta do Google Plus. Clique aqui para participar! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e prosear um pouco.

Também siga o meu perfil no Google Plus: +NanaRicchetti e confira as ultimas novidades por lá.

Ela entrou e se arriscou: Debora Cordeiro do blog Mirepoix

Hoje quem se Arriscou foi a Debora do Blog Mirepoix !

“Oi, Nana e ai tudo bem? Quero enviar uma receitinha para os seguidores do Manga experimentarem…. beijos!!!

Cupcakes de Coco Super Alegres !

Ingredientes
184g – de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
162g – de açúcar refinado
1 colher (chá) de extrato de baunilha
3 ovos
225g – de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
3 colheres (sopa) de coco ralado sem adição de açúcar

Modo de Preparo
Pré-aqueça o forno a 180°C; forre doze forminhas de muffin com forminhas de papel para cupcakes (a venda aqui) ou coloque na assadeira própria antiaderente que você encontra em lojas especializadas em confeitaria. Bata na batedeira a manteiga, o açúcar e a baunilha até obter um creme claro e fofo. Junte os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Peneire a farinha e o fermento sobre a massa, acrescente o coco e misture. Divida a massa nas forminhas e asse por 35 minutos ou até que dourem levemente. Deixe esfriar completamente e decore como preferir!
Fáceis e deliciosos….. experimenta cumadre!!!!! “


Debora obrigado pelo sua receita !

A pedidos da Nana, hoje quem publica essa receita pra vocês sou eu, Cliente Vip pois a Nana ficou sem tempo.

Espero que gostem !

Quem quiser participar do quadro Ela Entrou e Se Arriscou, só enviar um email para nós, [email protected], com a foto e a receita! Eu terei um prazer em publicar aqui :)

Quando o devaneio vira criatividade

Olá Pessoal ! Na postagem de hoje resolvi trazer a vocês uma sobremesa 100% criação minha, ou seria devaneio?!?

Pois é eu, conhecido como Cliente Vip, num surto de devaneio e criatividade, daqueles de fazer inveja a Nietzsche, Jimi Hendrix, Andy Warhol e outros tantos em que suas “viagens”, acabaram por produzir textos, músicas e arte das boas, criei tal sobremesa.

Mas obviamente não estou me comparando a eles, jamais, e sim compartilhando com vocês tal momento de inspiração / devaneio que resultou nessa sobremesa.

Acontece que quando terminei e provei (é me arrisquei, hahaha), fiquei perplexo com o resultado, seja em conjunto (toda montada a sobremesa com as devidas combinações), separado, cada item que compõe essa loucura gastronomica ou combinando partes dela.

Espero que gostem ! (quase não sobrou pra fazer as fotos hahaha)

Tortinha Gelada de Pitaya e Romã

Tortinha Gelada de Pitaya e Romã{foto: Cliente Vip}

Ingredientes:

Massa
1 Pacote de biscoito tipo maria ou maisena (200gr)
1 tablete de manteiga sem sal (200gr)
1 colher(sopa) de açúcar

Cobertura base
Suco de 1 Romã
300gr de açúcar
1 colher de sopa de vodca.
1/2 Xícara de água

Cobertura gelada
2 Pitayas Vermelhas (polpa é branca)
Suco de 1/2 Limão
2 colheres (sopa) açúcar

Modo de Preparo
Misture bem o biscoito previamente triturado com a manteiga e forre o fundo de uma fôrma de sua preferência (eu usei forminhas de torta). Após forrar a forma reserve.
Pré aqueça o forno em 200 graus e após asse a massa por cerca de 15minutos ou até dourar. Reserve.

Cobertura base (geléia de romã)
Abra a romã e retire os gomos / sementes para passá-las no espremedor de batatas / limão para obter todo suco. (recomendo limpar bem e verificar se possui algum gomo / semente que esteja escuro, caso tenha algum, descarte.
Coloque o suco (cerca de 1 xícara de café de suco),o açúcar, a vodca e a água numa panela anti-aderente e deixar ferver, mexendo as vezes, até que obtenha o chamado ponto de geléia, ou seja quando soltar uma gota da calda em um prato frio, com a ajuda dos dedos veja se forma fio. Se formar está no ponto.
Deixe a geleia esfriando, mexendo esporadicamente.

Cobertura gelada ( Sorbet de Pitaya)
Retire toda a polpa da Pitaya, (a casca não é comestível) ponha em um liqüidificador junto com o suco de limão e o açúcar. bata por 1 minuto ou até ter uma mistura homogênea e licorosa, após coloque em um ramekin ou pote pra gelatina e deixe gelar até solidificar. (pode ser usar um fouet para tal tarefa permitindo que as sementes fiquem por inteiro e a polpa mais branca).

Montagem
Desenforme a massa, coloque a geléia preenchendo todo fundo e após uma colher generosa do sorbet de Pitaya. Na minha montagem usei 2 tortinhas, com geleia entre elas. A geléia pode ainda servir de calda para o sorbet após a montagem, complementando).

Rendimento: 8 tortinhas.

Toque pessoal: separei alguns dos gomos de romã mais bonitos para decorar o topo, enunciando a cobertura base.

Bom Apetite !

Essa receita é uma criação 100% minha (Cliente Vip) para o blog Manga com Pimenta, onde apenas utilizei a massa em comum com outras receitas, entretanto não encontrei qualquer referencia na internet de sobremesa parecida e/ou combinação de tais frutas. Estão autorizadas a reprodução da receita e publicação de seus resultados.
Caso se interesse em republicar essa postagem por favor entre em contato antes.

Se você gostou dessa Receita Tortinha Gelada de Pitaya e Romã, compartilhe nas suas mídias sociais e aos seus amigos.
Não esqueça, de seguir o blog Manga com Pimenta nas Mídias Sociais.
Quem fez essa receita, marca no instagram com a hashtag #blogmangacompimenta e me marcar @blogmangacompimenta, que vou adorar saber do resultado :)

Não esqueça de participar da Comunidade do Manga com Pimenta do Google Plus. Clique aqui para participar! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e prosear um pouco.

Também siga o meu perfil no Google Plus: +NanaRicchetti e confira as ultimas novidades por lá.