Arquivo da tag: Papo de Menina

They Draw and Cook

A minha amiga Tali nesses dias, mostrou no site da Revista Criativa uma postagem do site They Draw and Cook e falou “precisa colocar no Manga!” e eu achei a idéia bem bacana, querem saber o que se trata o site?
A ideia aparentemente inusitada surgiu quando a dupla – ambos designers e amantes da gastronomia – estava de férias e se deparou com uma caixa de figos que de tão bonita fez com que Salli quisesse desenhá-la. A partir daí ela pegou gosto pela animação de alimentos e decidiu reunir suas duas paixões em um livro – que acabou virando um blog colaborativo. O espaço está dividido por categorias como drinks, aperitivos, sopas, café da manhã e por ai vai, e os posts diários são um mix das receitas criadas por cozinheiros, amadores, designers e internautas.

Detalhe, qualquer pessoa pode mandar a sua receita que eles fazem com carinho e amor!

Para saber mais clique aqui.

Agora eu vou pedir para o cliente vip traduzir uma receitinha do Manga com Pimenta e enviar, já pensou que chique??

Imagens do site They Draw and Cook

Ainda continuo achando que é culpa do destino!

(Para quem perdeu a Parte I, corra aqui e depois volte para cá viu?!)
Continuando…
No dia seguinte, a Dona Nana decide ligar para o guri e o cliente vip estava com ele. No mesmo momento, os dois meninos decidiram busca-la no trabalho.
Eles ficaram conversando horas e horas no lado de fora da empresa e a Dona Nana que não é boba nem nada, ficou seduzindo o pobre coitado. Nesse dia surgiu o primeiro beijo e a noite, a ansiedade dela fazia secar o celular “ligaaa, ligaaa para me dar boa noite menino”, porém, sem ligação.
No outro dia e no final da tarde, estava o cliente vip na porta da empresa, esperando a Dona Nana sair do trabalho para tomarem um refrigerante e leva-la até a estação de metrô. Eles ficaram nessa ladainha durante uma semana e logo os lobos maus ficaram sabendo da novidade.
A Dona Nana que mais passeava na empresa do que trabalhava, foi parada por um piloto no pátio principal e intimidada com uma pergunta “você está namorando?”, simplesmente ela olhou e respondeu “sim”. O lobo mau falou “Não acreditei quando a Flávia me contou, é sério? Não é brincadeira?” e ela responde “Querido, é tão sério, que esse é para casar!” e uma voz surgiu “espero que esse namoro não seja sério, você não case e que isso acabe logo”.
Ah, detalhe, a dona da história só conhecia o lobo mau por “Oi?! Tudo bem?”.
Que homem mais ousado!
No final da tarde, na porta da empresa, o cliente vip estava no mesmo local, esperando a Dona Nana para fazer o que sempre faziam todos os finais da tarde, vocês devem pensar “dominar o mundo”, não, não e não , os dois foram tomar um refrigerante, dar uns beijinhos e depois irem embora.
No aeroporto, ela conta sobre a audácia do piloto lobo mau e o cliente vip olhou profundamente para os olhos dela e perguntou “mas quem é o seu namorado?”.
Ela ficou sem graça naquele momento, apontou para o garçom e gritou “Garçom”, logo o mesmo não a escutou e ela respondeu “é ele, mas pelo jeito está com medo de você ou também não me quer”.
Naquela noite o cliente vip ligou no celular da boa garota, para dar boa noite. Um sorriso surgiu no rosto dela, os pensamentos “mais um para coleção dos homens FDP da minha vida” sumiram e escutou o moço bonito falar “quando você for responder quem é o seu namorado, por favor, não chame ninguém e sim, me coloque na frente de um espelho. Por que eu sou seu namorado!”.
Ela pergunta “isso é oficial?” e ele responde “sim, desde o momento que eu te vi”.
Assim, surge um namoro, bem sério por sinal, com direito a aliança de compromisso, apresentar aos pais, viagens em família e blá blá blá. Depois de sete meses de namoro, surge um casamento!
Melhor, a mudança das minhas tralhas para casa dele, já que nenhum dos dois conseguiam viver longe um do outro.
Depois de sete anos, a história continua a ser escrita.
Detalhes do Destino, já que eu fosse escrever tudo nas duas postagens/redações, viraria um livro:
– Quando crianças, nós dois morávamos no mesmo bairro.
– Passamos as férias na mesma cidade e em pontos diferentes.
– Todos os eventos que eu realizei e participei trabalhando como Relações Públicas da companhia aérea, o cliente vip estava lá. Porém, nunca nos cruzamos.
– Conheci a minha sogra número 2 antes dele me apresentar, quando ela foi em uma reunião com o meu chefe.
– Os nomes dos filhos eram iguais, porém, depois de anos e anos, já mudamos tudo.
– Eu passava todo santo dia de ônibus na rua dele.
– Ele ia na porta da empresa que eu trabalhava, porém, no portão de saída da manutenção e de todas as outras cias áereas, que ficava no outro lado da rua.
– Eu tinha um inimigo e ele um amigo em comum, também tínhamos vários amigos em comum, só um teve a audácia de nos apresentar, mesmo mandando eu tirar o cavalinho da chuva e para finalizar, ele terminou o namoro quando eu pisei na casa do amigo de um amigo meu.
Ah isso eu já falei rs.
Viveram felizes para sempre?
Isso só o tempo irá contar, até agora estamos firmes e mole como gelatina, mas isso se chama casamento, né moço que vive no céu?
Se você gostou dessa postagem Ainda continuo achando que é culpa do destino!, compartilhe nas suas mídias sociais e aos seus amigos.
Não esqueça, de seguir o blog Manga com Pimenta nas Mídias Sociais. :)

Não esqueça de participar da Comunidade do Manga com Pimenta do Google Plus. Clique aqui para participar! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e prosear um pouco.

Também siga o meu perfil no Google Plus: +NanaRicchetti e no instagram @blogmangacompimenta confira as ultimas novidades por lá.

É culpa do destino!

Existiu um tempo que eu acreditava em contos de fadas.
Com o passar dos anos, os príncipes encantados eram sapos, os sapos não viravam príncipes e na verdade o cú-pido era um charlatão de primeira. Os contos de fadas viraram histórias para bebê dormir, e decidi virar o jogo, apenas decidi.
Ah, se não fosse o destino “no meio do caminho existiu um cliente vip e existiu um cliente vip no meio do caminho”… por esse motivo, não cheguei a me transformar em loba má ou numa chapeuzinho vermelho com cor de sedução, para fazer todo o mal ao sexo masculino.
Na verdade, não começarei a escrever o grande final, e sim o começo de tudo.
Antes de o cliente vip entrar na minha vida, eu conheci vários homens que no final eram todos “cafa”: ou tinham namoradas, ou tinham outras meninas, ou não tinham nada e gostariam de manter o mesmo estado – livre, leve e solto.
Como boa ariana que eu sou não tinha a mínima paciência para ser psicóloga de homens que tinham medo de se envolver, ou amavam a vida de “putão” e queriam que eu fosse a “santa” da vida deles.
Santa por quê?
A maioria falava que não era meu, e ao mesmo tempo, eu estava proibida de sair com outros meninos. Mas como assim meu senhor?
Já que eu não sou de ninguém, por favor, a fila anda, cai fora agora e não olha para trás palhaço.
Também sou cabeça dura, eu persistia no mesmo erro e acabava me dando sempre mal.
Um dia decidi virar a vilã e a minha vida mudou:

Em agosto de 2003, fui convidada para comer uma pizza na casa do amigo de um amigo meu e todos apaixonados por aviação. Eu pedi para o meu amigo a foto do amigo dele, logo recebi uma foto com uns quinze homens e o cliente vip lá no meio, o único que me chamou a atenção.

Falei para o guri “o único que dá para ser feliz é esse daqui”, logo o guri responde: “tira o seu cavalinho da chuva que esse namora” e logo pensei: “Merda”.

Porém, na casa do amigo de um amigo meu, o único que dava para ser feliz estava lá para me conhecer. A velha história: “a curiosidade matou o gato”.

Oi?!

Agora entra o destino, por favor!

E a trilha sonora também:

– Nana coloca os dois pés no apartamento.

– Celular do cliente vip toca e ele atende.

– É a falecida.

– Os dois começam a brigar feio.

– Nana fica com medo da braveza do moço.

– Ele desliga o telefone.

– Nana recebe a informação que o cliente vip era amigo de um inimigo dela, e ela decide não querer papo. Já que o inimigo um dia falou “mulher não sabe nem dirigir, imagina pilotar um avião” e Nana responde: “Você já foi para PQP? Então, vá FDP!” e ai acaba o início de um affair. Tudo isso, por que a secretária de operações da companhia aérea que ela trabalhava, estava registrando ela em um curso para piloto privado e que no final não aconteceu.

– Cliente vip corre atrás da Donzela Nana para falar mal da falecida.

– Nana procura um buraco para fugir.

– Cliente vip não desiste.

– Nana cansada, decide levantar a bandeira branca e diz “fala que eu te escuto”.

– Eles vão embora todos juntos e o cliente vip desce no meio do caminho. Logo ele bate a testa na parte de cima da porta do ônibus, já que o homem é alto.

– Nana, com o seu jeito feliz de viver, dá uma risada enorme e alta dentro do ônibus. Não teve um que ouviu a risada da escandalosa e o pobre cliente vip saiu vermelho de vergonha por causa da sua futura esposa.

– Não teve beijo de boa noite, está bom?!

Ps.: Como eu não sou maluca ou pirada, nem cheirei meia usada, chamei uma amiga que trabalhava no aeroporto para me acompanhar. Se algo de ruim pudesse acontecer comigo, queria estar bem acompanhada.

Continua…

Se você gostou dessa postagem É culpa do destino!, compartilhe nas suas mídias sociais e aos seus amigos.
Não esqueça, de seguir o blog Manga com Pimenta nas Mídias Sociais. :)

Não esqueça de participar da Comunidade do Manga com Pimenta do Google Plus. Clique aqui para participar! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e prosear um pouco.

Também siga o meu perfil no Google Plus: +NanaRicchetti e no instagram @blogmangacompimenta confira as ultimas novidades por lá.

Jogo de Palavras

Primeiro gostaria de pedir desculpa para o Vinicius Castro, por não fazer uma postagem tradicional. Ontem eu tive uma crise de dor de cabeça e ganhei um presente maravilhoso, o CD do Vinicius Castro (filhote da Gina do Blog Naco Zinha) e como  eu sei que sou espontânea, estou apaixonada pelo o seu CD!

Como eu precisava contar para vocês, precisei fazer essa postagem! Logo logo farei uma postagem com fotos, mas sente ai uma palhinha do guri:

Gostaram? Então, esperem que terá mais postagem desse guri, filhote da Gina, um grande artista!

Para visitar o seu site é só clicar aqui.

Ps.: desculpa-me a postagem tão pequena, mas ontem eu tive uma crise de dor de cabeça e ainda estou de “ressaca” do meu sofrimento.

Como Apimentar um Relacionamento

Por Telma do Blog Telma no Divã

Então… A Nana me convidou pelo twitter pra fazer uma postagem pro blog dela e eu “que tema?”
E ela sugeriu “Como apimentar um relacionamento?”
Não entendi porque ela sugeriu esse tema, sabe? Eu sou uma menina tããão tímida e bobinha… Acontece que aceitei o desafio! Embora lá falar de relacionamento e pimenta.

O caso é que eu não posso dizer que já namorei de verdade antes do meu atual amado. Eu tinha meus casinhos aqui e ali… tive uma experiências malucas, mas nunca tinha que me preocupar em manter um relacionamento. Daí eu comecei a namorar e quando decidimos que era pra valer, comecei a me ‘preocupar’ com isso.
Juntos, chegamos à conclusão que, para manter um relacionamento bom, gostoso e tranqüilo, existem coisas que são fundamentais: carinho, respeito, conversa, sinceridade, confiança e sexo. Uai, claro! Sexo não é tudo, mas é fundamental!

Tipo assim… eu li o livro “Por que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor” e ‘entendi’ que a necessidade do homem é coisa de animal! E a gente não entende mto de instinto animal, na verdade… e o complicado é que, para ‘manter’ o nosso homem, eles nos querem disponíveis sempre!

* Dei sorte, porque aqui ele me entende e diz que não quer se não for bom pra mim também. Se eu não estiver afim, ele também não quer. Isso é um milagre, não? *

Só que não tem só isso… O homem pode até respeitar o nosso “hoje não, amor”, mas aceitar sempre…? E ainda tem aquele lance de ser sempre a mesma coisa… monotonia não é com eles, não! Sendo assim, pra não correr o risco deles procurarem outra fora de casa, o ideal é apimentar o relacionamento!!!
“COMO?” Perguntarão algumas (porque acredito que muitas já têm suas idéias, né?)

Pra começar, converse! Crie o hábito de perguntar como foi o dia e esperar uma resposta curta e rápida, porque a maioria dos homens não gosta de conversar demais. E lembre-se disso ao contar também como foi o seu dia: seja rápida e não tão detalhista! Porque nós gostamos de falar demais, né?
Conversar com o companheiro gera uma intimidade gostosa e aumenta as chances de você ter liberdade de falar o que gosta ou não.

Respeite a individualidade dele. Ta, eu sei que a gente morre de curiosidade quando ele diz q vai beber com os amigos… será que vai ter alguma piriguete louca por aliança? O caso é o seguinte… todo mundo precisa sair com os amigos. Nós também, com as amigas. Sendo assim, se você tiver um bom ‘jogo de cintura’ (entenda como quiser, ok?), ele vai tomar as cervejinhas dele e voltar pra casa logo, doidinho pra ter você nos braços, sofá, cama, chuveiro… aonde bem entender!

E aí vem a parte que nem sempre é fácil pra algumas de nós… o sexo. É aqui que a gente ‘apimenta’ a relação. Eu não sei o que acontece e, sei lá, tenho medo de acabar pagando língua num futuro próximo mas… sexo é tão bom! Pq é que algumas mulheres resistem a ele?
No sexo a gente tem que inovar. Algumas coisas que ele gosta tem que ser feita só de vez em quando… senão ele acaba acostumando, querendo sempre, mas depois… virou rotina!
O que eu recomendo pra inovar?
– Faça joguinhos durante o dia para que ele esteja ‘animado’ à noite… mensagens no celular, e-mails, bilhetes nos bolsos…
– SABORES… tem tanta coisa nesse sentido… tem o famoso leite condensado! O famoso Halls preto!
– SABORES + SENSAÇÕES é uma mistura explosiva! Além do básico já citado aí em cima, tem óleos para massagem comestíveis, velas que viram hidratantes corporais…
– FANTASIAS… não só fantasias de roupinhas que estou falando, não. São fantasias eróticas msm! Daquelas mais basiquinhas “fazer amor na praia” (já me falaram que de qualquer jeito a areia rala tudo!) às mais malucas “Ménage a trois” (desde que respeitando vontades e limites de cada um!)

Bom, gente… eu não sou especialista em apimentar relacionamento, mas posso dizer que tenho aprendido a cada dia…
Tem muita mulher e muito homem que, por incrível que pareça, acha que produtos de sex shop, fantasias e coisas do tipo são coisas de gente promíscua. Ok, ok… é um cadim promíscuo mas, dentro de um quarto, fechadinhos entre as 4 paredes, quem é que tem que se importar? Desde que satisfaçam um ao outro, tudo é válido!

Aprendi muita coisa depois de começar a revender produtos de sex shop. E como normalmente o ideal é saber para recomendar, ando experimentando várias coisinhas pra poder recomendar para os clientes. Claro… temos as nossas preferências. Ainda bem que elas batem! Ó… recomendo, viu? Mesmo que seja o mais basiquinho pra começar… com o tempo, acostumando com as novidades, dá pra perceber como é gostoso incluir essas novidades no relacionamento, para dar aquela apimentada!

E, para dar uma ‘ajudinha’ aos casais da blogosfera, vou aproveitar esse convite da Nana pra fazer um sorteio que já era pra ter sido feito lá no meu blog. Faltou oportunidade/assunto… Surgiu aqui…

Aí o negócio vai ser o seguinte… sortearei um kit “Apimentando a Relação”, com 03 bolinhas para massagem, 01 pomada japonesa e 01 caneta de sabor à escolha do ganhador…
Para concorrer, basta ir lá ao Telma no Divã e comentar na postagem “Sorteio Apimentando a Relação”, escrevendo nome, e-mail e cidade/estado. As ‘regrinhas’ para participar do sorteio estarão lá!

E, depois disso, eu só posso desejar boa sorte a quem participar e também para quem resolver apimentar sua relação.
Àqueles que já têm um sabor especial, sabem como é e podem comprovar: entre duas pessoas que se amam e se respeitam, vale tudo dentro dos seus limites!

**** Para concorrer tem que visitar o blog da Telma, não adianta deixar mensagens aqui, é apenas uma parceria entre eu e ela, ok?! Embora para lá? Só clicar aqui *****

Colares de Crochê

Trabalhei demais nesse final de semana, para ajudar, tentei resolver o problema da coluna lateral do blog, que eu não consigo achar uma solução e quando me encontro nessa situação, tenho dores de cabeças e “ataque” de nervos. Por causa disso, eu juro que serei breve, porém, com muito “glamour”. O Crochê e tricô estão na moda e com eles, novas formas de fazer peças maravilhosas para dar um up do look:

Flickr: atolye afra´s

Blog: etsywedding

Para terminar, o site Crochet Me (inglês) ensina a fazer esse colar fofo para você andar bela e linda na primavera.