Receitas

Berinjela à Parmegiana

Assistindo o programa do Chefe Buddy Valastro, aonde ele ensina várias receitas italianas maravilhosas da família dele, reparo com a Berinjela à Parmegiana. Claro, para mim e a maioria dos leitores desse blog não é uma novidade revolucionaria na cozinha, mas ela é uma coisa assim de louco, comfort food total!

Berinjela à Parmegiana

Tentei seguir o que ele ensinou, mas algumas coisas são fora de questão aqui no Brasil. Uma das técnicas que eu mudei foi o corte, ele ensinou a cortar em rodelas, não muito finas e nem muito grossas. Acredito que a maioria sempre cortou a berinjela em camadas longas, a minha mãe sempre fez assim e eu não lembro da minha avó fazer assim… na verdade as únicas coisas que eu lembro da minha avó é o pão, a pizza e o ovo frito.

Vocês perceberam que a minha memória é fraca, então eu falarei do que eu sei, mas ele explicou com mais detalhes o porque da técnica da foto acima.

Apesar da minha mãe nunca ter feito isso, eu comecei a fazer quando alguém um dia me falou “para a berinjela não ficar amarga, deixe de molho no sal”. Eu não ligo para o amargo da berinjela, não mesmo, mas depois que comecei a utilizar essa tecnica, qualquer prato preparado com a berinjela começaram a ficar mais saborosas. A técnica é simples, basta passar bastante sal na berinjela, colocar em um escorredor (usei de inox) com uma tigela embaixo, para que a água escura da berinjela escorra e não fique mais em contato com a mesma. Depois de uma hora, lave as berinjelas para tirar o sal.

Novamente, com a memória viajando em algum mundo que não é a Terra, esqueci de tirar a foto da próxima etapa. Mas graças a deus existe a escrita e a imaginação, então colocaremos a cabeça para funcionar.

Depois que tirou o sal da berinjela, vamos empana-las. Em um prato você coloca a farinha de trigo, em outro prato dois ovos batidos (no garfo) e no terceiro prato, você coloca a farinha de rosca. O Buddy faz um farinha de rosca maravilhosa: ele tritura o pão duro, adiciona várias ervas, sal, queijo parmesão e pimenta calabresa. A minha farinha de rosca não é tão maravilhosa igual a dele, eu trituro apenas o pão duro e adiciono sal.

Pegue uma rodela de berinjela, passa na farinha de trigo, depois no ovo e finalmente na farinha de rosca (especial ou não, tanto faz).

Quando todas as fatias de berinjelas estiverem empanadas, você vai frita-las. Em uma frigideira funda, você colocará bastante óleo e deixará esquentando. Quando o óleo estiver quente, coloque as fatias de berinjelas para fritar. Quando a parte debaixo estiver dourada, vire e deixe o outro lado dourar. Retire as fatias douradas de berinjelas do óleo quente, coloque-as em um papel absorvente e reserve.

Berinjela à Parmegiana

Agora chegou a montagem e eu lembrei de tirar as fotos (boa menina)!!!

Pegue uma travessa, coloque molho de tomate. Em seguida você vai distribuir as rodelas de berinjela na forma, fazendo a primeira camada. Quando preencher a travessa, coloque mais molho de tomate e queijo muçarela.

“Naninha, estou olhando a foto três e não parece queijo muçarela”

É verdade, eu não coloquei queijo muçarela, e sim requeijão. Eu poderia estar matando, roubando, mas nesse momento estou sendo sincera! Eu não curti essa troca de queijo e não joguem pedra em mim. Para quem quiser arriscar, faça com requeijão ou qualquer outro tipo de queijo, se arrisquem. Mas a forma tradicional é o queijo muçarela e o Buddy usou muçarela de bufala que eu amo de paixão, porém, aqui no Brasil é o olho da cara (não sei $$$ lá fora).

Vamos para a segunda camada: você vai finalizar com o resto das berinjelas empanadas, adicionar molho de tomate e colocar uma grande camada de queijo muçarela por cima.

Berinjela à Parmegiana

Leve ao forno, já pré aquecido, durante trinta a quarenta minutos ou até o queijo ficar dourado e o molho de tomate borbulhando. Claro que eu pedi ajuda ao grill do meu fogão, para deixar o queijo mais douradinho.

Berinjela à Parmegiana

 

Vamos as declarações e notas finais!

Eu sempre comi berinjela à parmegiana com muito molho, normalmente, eu não deixo esse tempo todo no forno (segui as dicas do Tio Buddy). O molho da berinjela meio que sumiu, foi sugado pela coitada (vocês sabem que a berinjela suga tudo, né? Então, aquele óleo da fritura, também está nela viu). Ah, até o requeijão foi sugado, um dos motivos que eu não usarei mais requeijão no preparo desse prato.

No próximo preparo, vou deixar no forno durante uns 15 minutos e terminar com o grill (uns cinco minutos é o suficiente) e colocar mais molho de tomate.

O molho de tomate que eu usei foi de saquinho mesmo e a  foram duas berinjelas médias para preparar esse prato para mim e o cliente vip. Mas não se engane que essa quantidade dá apenas para duas pessoas, na verdade sobrou para o almoço do dia seguinte.

Quem quiser uma berinjela à parmegiana mais light, é só não empana-las e nem frita-las. Não ficará o prato dos deuses (desculpa novamente a minha sinceridade), mas fica bom e comestível.

Eu e o cliente vip comemos sem acompanhamentos, mas quem quiser, acompanha perfeitamente um arroz e uma bela salada verde.

Se você gostou dessa Receita Berinjela à Parmegiana, compartilhe nas suas mídias sociais e aos seus amigos.
Não esqueça, de seguir o blog Manga com Pimenta nas Mídias Sociais.
Quem fez essa receita, marca no instagram com a hashtag #blogmangacompimenta e me marcar @blogmangacompimenta, que vou adorar saber do resultado :)

Não esqueça de participar da Comunidade do Manga com Pimenta do Google Plus. Clique aqui para participar! Vamos trocar receitas, dicas, postagens e prosear um pouco.

Também siga o meu perfil no Google Plus: +NanaRicchetti e confira as ultimas novidades por lá.

33 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *