Pão de batata é o melhor dos melhores no quesito pão.

Eu sou apaixonada por esse pãozinho e vivia comprando nas cantinas (escola ou emprego) ou botecos da vida.

Tenho uma relação de puro amor com ele, mas eu não faço muito em casa, gosto de comprar uma unidade e deu.

Esses dias, decidi fazer aqui em casa e achei uma receita que é perfeita para um pão bem fofinho, porém, eu tenho um drama “Maria do Bairro” com recheio nos meus pães de batata, que sempre vazam dos pãezinhos.

Será que a culpa é minha?

Pode ser e não faço idéia do porque.

Se alguém tiver uma dica, aceito com todo amor do mundo!

Pão de batata fofinho

Ingredientes

4 batatas grandes
1/2 xícara de chá de manteiga derretida
1 kg de farinha de trigo aproximadamente
3 ovos batidos com um garfo
1 colher de café de sal
4 colheres de sobremesa de açúcar
2 tabletes de fermento fresco para pão
1 xícara de chá de água morna
2 gemas para pincelar

Modo de Preparo

paodebatata-preparo1

paodebatata-preparo2

Normalmente eu coloco uma foto logo após o título da postagem, mas esse passo que eu vou ensinar agora é algo que eu sempre faço para todos os pães preparado por mim.

É para ativar o fermento e fazer seu pão ficar lindo!!!

Primeiro tu coloca 4 colheres de sobremesa de açúcar, 8 colheres de sopa de farinha, o fermento e misture, depois é só colocar um pouco da água morna. Tu fará uma papa que não pode ficar nem muito liquida ou solida.

Espere 5 minutos e veja, se essa papa está areada, cheia de furinhos. Seu fermento está vivo, trabalhando a todo vapor.

paodebatata-preparo3

Cozinhe as batatas no vapor até estarem cozidas, mas ainda firmes. Passe pelo espremedor, junte a manteiga e deixe esfriar. Acrescente as batatas no fermento, os ovos, o restante da água, o sal e a farinha de trigo aos poucos, até a massa ficar firme.

Caso precise colocar mais água na massa, coloque! Mas sempre use água morna e não fria.

Coloque um pano de prato em cima da tigela com a massa e leve-a para descansar em um lugar quentinho. Eu acostumo a deixar no micro-ondas, já que acabei de esquentar a água para fazer o pão e o micro-ondas está quentinho, um clima ótimo para o pãozinho crescer.

Ps.: A minha avó acostumava colocar vários cobertores em cima da massa e essa cena sempre estará na minha cabeça, mas não precisa fazer isso, só deixar a massa em um lugar quentinho e está de bom tamanho.

paodebatata-preparo5

paodebatata-preparo6

Deixe a massa crescer até dobrar de volume, faça bolinhas médias e disponha-as em uma assadeira enfarinhada. Pincele com a gema e deixe descansar mais 15 minutos. Asse em forno médio preaquecido até que estejam dourados.

Não vou falar da técnica de rechear, eu vou ter que aprender para não falar besteira…

Ok, vou falar: eu abri a massa em formato de círculo, coloquei o um quadradinho de queijo muçarela  e fechei a massa com as pontas do dedo e enrolei.

Deixei a massa descansar antes de ir ao forno, não tinha aberturas e nem massa fina perto do recheio… enfim, eu sou uma tragédia.

paodebatata

Aqui o resultado final, o pão de batata mostrando a lingua para vocês… como ele é mal educado.

Só que esse pão ficou tão fofinho e gostoso, que nem me importei com a fuga do queijo.

Se você quiser fazer esse pão em casa, faça sem recheio… agora se quiser fazer com recheio, tudo bem. Ai tu me fala se o seu recheio fugiu do pão ou não, ok?!

Eu preciso saber se a culpa é minha ou dessa receita fofa maravilhosa deliciosa de pão de batata.

O Halloween está chegando e essa cultura (que não é nossa) está crescendo no Brasil e eu acho fofo ver as crianças animadas, fantasiadas e brincando com os “monstros” do dia das “bruxas”.

Separei cinco receitas de blogs gringos para você fazer em casa e se divertir com seus filhos e para quem é contra os dia das bruxas, faça a festa do Saci (ou folclore Brasileiro), mas não deixe de comemorar com as criançadas.

hallo5

Frutas são uma ótima sugestão para presentear as crianças, que tal fazer um potinhos de uva verde e criar uns olhinhos de marshmallow?

Claro, você pode trocar as frutas e deixar a sua criatividade dominar para depois surpreender as crianças.

Para ver essa receita, clique aqui e visite o blog Green Lunches Green Kids.

hallo3

Que tal criar a maçã do horror?

Achei tão linda essa maçã e deve ser deliciosa… vai chocolate brancooooo e eu nós amamos chocolate (mente gorda)!!!!

Para ver essas maçãs sangrentas, clique aqui e conheça o blog 1 Fine Cookie.

hallo2

Não posso deixar de fora os cupcakes engraçadinhos :)

Esse é em forma de morcego e que qualquer pessoa consegue fazer, não precisa fazer aula de confeitaria.

Para ver a receita, clique aqui e conheça o site Betty Crocker.

hallo1

Vamos para os salgados!!!

Essas múmias hot dog vão deixar as criançadas malucas (e os adultos também).

Super fácil de fazer, para  ver o passo a passo dessa receita clique aqui e visite o site Pillsbury.

hallo4

Finalizando, que tal dedinhos de bruxas?

Dedinhos muitos feios, mas que devem ser uma delícia.

Para ver a receita, clique aqui e confira no blog Texanerin.

Não esqueça, de chamar os amigos dos seus filhos, fazer os saquinhos de doces e decorar sua casa. São momentos como esse, que não precisam de uma super decoração, porém tenham animação, que vão ficar na memória dos seus filhos.

Se solta, divirta-se e curta cada momento com os pequenos.

Eu sou apaixonada por bolo de limão, apaixonada mesmo e quem faz o melhor bolo de limão é a minha mãe, sabe aquele bolo recheado e com uma cobertura branquinha? Era esse bolo que ela fazia em todos os meus aniversários, para vocês terem idéia do meu amor pelo bolinho de limão. Ela só não […]

Eu sou apaixonada por bolo de limão, apaixonada mesmo e quem faz o melhor bolo de limão é a minha mãe, sabe aquele bolo recheado e com uma cobertura branquinha?

Era esse bolo que ela fazia em todos os meus aniversários, para vocês terem idéia do meu amor pelo bolinho de limão. Ela só não faz mais esse bolo pelo fato da distância e porque eu sai de casa para criar a minha família com o cliente vip.

Porém, eu nunca tentei reproduzir o bolo que ela faz e esses dias me deu uma vontade louca de comer algo azedinho. Procurei na internet e me arrisquei nessa receita aqui.

Bolo de Limão

bolodelimaofino3

Ingredientes

4 ovos separados
1 1/2 xícara de chá de açúcar
2 colheres de sopa de margarina
1/2 xícara de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó
4 colheres de sopa de suco de limão
4 colheres de sopa de água
1/2 colher de sopa de raspas de limão

Calda
1 xícara de chá de água
1/2 xícara de chá de suco de limão
1 1/2 xícara de açúcar
Raspas de limão a gosto (acabei não colocando)

bolodelimaofino1

bolodelimaofino2

Modo de Preparo

Bata as claras com meia xícara do açúcar até obter o ponto de merengue e reserve. Em outra tigela bata as gemas com o açúcar restante e a margarina até virar um creme fofo. Junte aos poucos, de forma alternada, a farinha peneirada com o fermento, o suco de limão, a água e as raspas. Passe para uma forma alta de 20 cm de diâmetro com fundo removível forrada com papel-manteiga também untado. Leve ao forno preaquecido em temperatura média por 40 minutos ou até dourar. Retire do forno, desenforme e reserve.

Calda

Leve ao fogo todos os ingredientes e cozinhe, mexendo às vezes, até virar uma calda rala. Regue o bolo e sirva.

bolodelimaofino4

O bolinho por dentro :)

Vocês vão reparar nas fotos que o bolo ficou fininho e é isso mesmo, ele não é um bolo gigante, gordinho e mega fofinho.

Eu quase chorei quando vi a finura do bichinho, a primeiro momento achei que gastei tempo para nada, até comê-lo, lembra muito um bem-casado sabor limão (apesar da calda não ficar igual de um bem casado) e confesso que quase comi o bolo sozinha, tive que avisar o cliente vip comer logo, porque não ia sobrar uma migalha para contar história.

Apesar dos pesares, considero o melhor bolo de limão que eu já fiz! Vai por mim!

Agora, eu preciso pegar a receita de bolo da mamãe e fazer para postar aqui para vocês, já que a propaganda foi demais, não é?!

hehe

Enquanto isso, faça esse bolo, e se quiser um bolo maior, dobre a receita.

Ps.: você pode fazer o naked cake com esse bolo, só colocar a calda no final na última camada.

Curiosidade: Aqui, bolos recheados e com coberturas são chamados de tortas :)

Pelo menos na minha vida… acredito eu!! Vamos a história: um dia você muda e descobre que os produtos mudaram também! Alguns mudam apenas de nome, outros de cores, sabores e proporção… Exemplo, você sabia que Adria não tem por aqui? Prazer, o meu macarrão agora se chama Isabella. Detalhe, os produtos dessa marca são […]

farinhas

Pelo menos na minha vida… acredito eu!!

Vamos a história: um dia você muda e descobre que os produtos mudaram também! Alguns mudam apenas de nome, outros de cores, sabores e proporção…

Exemplo, você sabia que Adria não tem por aqui?

Prazer, o meu macarrão agora se chama Isabella. Detalhe, os produtos dessa marca são feitos pela mesma empresa da Adria.

Aqui você compra Charrua no lugar do Guaraná Taí. Não posso deixar de fora o refrigerante Fruki (é muito bom).

A farinha de trigo foi um caso sério!

Não reparei mas acredito que vendem SOL e Dona Benta, porém, eu sempre compro farinha com preço barato bacana (São Paulo ou aqui em Porto Alegre).

Troquei a Anaconda pela Garota… oi?!

Isso mesmo, a Farinha Garota que reina aqui em casa e em segundo lugar vem a Rosa Branca.

Essas são as duas farinhas mais baratas que eu encontro no mercado e para ser sincera, gosto bastante delas.

A única diferença, que eu vejo nos meus pães é culpa do tempo, acredito que aqui é mais úmido que São Paulo e por esse motivo meus pães ficam mais cascudos.

Tentei fazer pão de cachorro quente e saiu um “semi” pão italiano… e olha que segui a receita certinha.

Troquei o leite de caixinha longa vida por leites de saquinhos da Santa Clara, algo que sou e estou (sempre serei) apaixonada, e ainda tem o leite com chocolate em saquinho; Tri bom, sabe?

Só misturar com leite de saquinho normal, que dá dois litros de leite com chocolate, já que o de chocolate é bem espesso.

Nem vou entrar em detalhes nos cortes das carnes: vazio (vacio – Corte Argentino), tatu, guizado, coxão de fora, coxão de dentro, salsichão (lingüiça toscana), entre outros…

Aqui você compra farinha de milho no lugar do fubá (que é a mesma coisa).

A cerveja é Polar, não é assim “ohhh” (escutem vozes de anjos) mas o pessoal de São Paulo quando vem para cá, adora bebê-la.

Sorvete é Sorvelândia, tu nunca mais vai pensar em tomar outro sorvete na vida.

Calma, existem outras marcas de cervejas e sorvetes, só que eu não bebo, então fico com o sorvete, que é dos Deuses mesmo.

Não quero falar do xis… mas um dia eu falo, mas não é o meu lanche favorito.

Vamos, vamos ver, acho que não me lembro de mais nada, mas deve ter… ah, tem tanta coisa diferente por aqui, que me sinto uma criança em dia de Natal, tentando descobrir o que é cada coisa.

Eu acredito que terá vários posts de comprinhas de supermecados para postar aqui no blog, não sei se vocês vão gostar (ou me xingar), mas são as minhas descobertas e nada mais justo que falar aqui no blog.

Essa quiche foi mais uma invenção minha com o que eu tinha na geladeira e que precisava usar senão ia acabar estragando. Vocês não tem idéia como eu fico triste, chateada e com a unha encravada com dor de cabeça quando tenho que jogar comida fora. Essas nossas manias de comprar as coisas por impulso […]

Essa quiche foi mais uma invenção minha com o que eu tinha na geladeira e que precisava usar senão ia acabar estragando.

Vocês não tem idéia como eu fico triste, chateada e com a unha encravada com dor de cabeça quando tenho que jogar comida fora. Essas nossas manias de comprar as coisas por impulso “ou porque está bonito”, “ou porque está barato” e “ou porque é época”.

Não é que a danada ficou boa?

Quiche de Pizza

quichepizza

Ingredientes para massa:

1 xícara de chá de farinha de trigo
1 ovo
5 colheres de sopa de manteiga
Água Gelada se necessário

Ingredientes para o recheio:

3 ovos
200 ml de creme de leite (ideal é fresco, mas pode usar de caixinha)
Queijo ralado de sua preferência (não usei medida e usei queijo lanche)
Presunto cortado em cubinhos (não usei medidas)
Azeitonas a gosto
1 tomate grande picado ou 2 tomates pequeno picados em cubinho

Modo de Preparo:

Em uma tigela, coloque a farinha de trigo peneirada, abra um buraco no centro, coloque o ovo, sal a gosto e 5 colheres de sopa de manteiga amolecida e a água, se necessário.

Com as pontas dos dedos misture bem os ingredientes até formar uma massa lisa e homogênea.

Se a massa ficar muito seca, acrescente um pouco de água.

Faça uma bola, embrulhe com papel-filme e leve à geladeira por 30 minutos.

Com um rolo, abra a massa, forre o fundo e as laterais de uma forma de 30 cm.

Fure a massa com um garfo e cubra a massa com papel-alumínio, espalhe uma camada de feijão cru e asse por 15 minutos em forno, preaquecido, a 200 °C.

Retire os feijões e o papel-alumínio e reserve.

O recheio é super fácil, só misturar todos os ingredientes e colocar em cima da massa.

Asse em forno, preaquecido a 200 °C durante aproximadamente 35 minutos ou até a massa e o recheio estiver dourada.

Desta vez decidi arriscar com um bolinho assado aqui na cozinha. Ponto positivo: você foge da fritura! Ponto negativo: o bolinho fica sem cor, sem o bronzeado que gostamos tanto daquela fritura maneira. Também não tem aquela crocância da fritura. Eu vou te dizer, bolinhos sem cores nunca nos dão apetite por não estarem bonitos, […]

Desta vez decidi arriscar com um bolinho assado aqui na cozinha.

Ponto positivo: você foge da fritura!

Ponto negativo: o bolinho fica sem cor, sem o bronzeado que gostamos tanto daquela fritura maneira. Também não tem aquela crocância da fritura.

Eu vou te dizer, bolinhos sem cores nunca nos dão apetite por não estarem bonitos, dourados ao estilo “muso” do verão.

Mas isso não quer dizer que ficou ruim, nem um pouco e a outra notícia boa, você pode usar essa mesma receita para frita-lo, caso não tenha problemas com a “dona friturinha”.

Bolinho de Aipim recheado e assado no forno

bolinhodeaipimcarnemoida1

Ingredientes:

1 xícara de chá de mandioca cozida e amassada
1 ovo
4 colher sopa de manteiga
3 Colheres de sopa Água
1/2 xícara de chá de farinha de trigo
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
salsinha ou uma erva do seu gosto
sal a gosto

Recheio (opcional):

400 gramas de carne moída
1 cebola grande picada
2 dentes de alho
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:

Cozinhe a mandioca com água e sal até que fique bem macia. Escorra a água e amasse com um garfo ou um espremedor de batata até virar quase um purê.

Em uma panela em fogo baixo adicione a manteiga e deixe derreter. Junte a farinha e forme um roux (uma técnica, que fazemos principalmente para engrossar um molho branco). Junte a água, a mandioca, sal, queijo ralado e salsinha (ou uma erva do seu gosto) misture até formar uma massa, ficando parecida com a massa de coxinha.

Espere a massa ficar morna e sove com as mãos até conseguir formar uma massa solida e macia.

bolinhodeaipimcarnemoida2

bolinhodeaipimcarnemoida3

bolinhodeaipimcarnemoida5

Faça bolinha e recheie com o recheio que desejar, aqui em casa foi de carne moída.

Empane os bolinhos passando na farinha de trigo, na água e na farinha de rosca.

Coloque em uma assadeira antiaderente untada com azeite, leve ao forno quente (200 graus) e asse por cerca de 30 minutos, virando os bolinhos na metade do tempo.

bolinhodeaipimcarnemoida6

O recheio aqui em casa foi bem simples, temperei a carne com sal e pimenta. Em uma frigideira, coloquei óleo, a cebola e o alho picado, deixei fritando por alguns minutos e adicionei a carne.

Desligue o fogo, quando a carne ficar cozida e com um pouco do seu caldo na panela. Assim, seu bolinho ficará com o recheio molhadinho.

Você pode fazer outros recheios juntos com essa receita de massa. Tu escolhe, e para quem não sabe, esse bolinho é famoso com o recheio de carne de sol… mas a carne de sol não é algo barato, então, usamos carne moída.

Sabe a receita que publiquei na quarta-feira? Sim, o Picadinho de Carne com Abóbora (se tu não viu, clique aqui)!! Sobrou as sementes e decidi arriscar na dica que o Sr. Rodrigo Hilbert ensinou na TV e é muito simples: Limpe bem as sementes da abóbora e deixe secar. Leve-as para torrar em uma frigideira […]

sementedeabobora2

Sabe a receita que publiquei na quarta-feira?

Sim, o Picadinho de Carne com Abóbora (se tu não viu, clique aqui)!!

Sobrou as sementes e decidi arriscar na dica que o Sr. Rodrigo Hilbert ensinou na TV e é muito simples:

Limpe bem as sementes da abóbora e deixe secar. Leve-as para torrar em uma frigideira anti-aderente, apenas com sal. Eu ainda coloquei um fio de azeite, só para dar uma dourada cor de praia para minhas sementes #mentegorda.

Ele fez uma Farofa bem maneira, que vocês podem conferir a receita aqui, eu já comi purinha no lanche da tarde, já que eu adoro essas sementes para beliscar.

Rápido, saudável e um ótimo belisque para o momento da fominha. Por esses motivos, minha senhora (ou meu senhor), nada de jogar as sementes fora, as sementes são cheias de sabor e vitaminas, fazendo um bem danado a você.

{Fotos do Woonblog} Mentira, para ser sincera nem lembro de ter conversado com ela sobre isso: “Oi Vó, como era a sua casa? Quando morava com os seus pais ou com eu não sei quem?”… bah, que saudades da minha “vózinha”, mas não, não tivemos esse tipo de papo. Mas imaginar não mata, é saudável […]

Web

Web

decorvint2

{Fotos do Woonblog}

Mentira, para ser sincera nem lembro de ter conversado com ela sobre isso: “Oi Vó, como era a sua casa? Quando morava com os seus pais ou com eu não sei quem?”… bah, que saudades da minha “vózinha”, mas não, não tivemos esse tipo de papo.

Mas imaginar não mata, é saudável e nos ajuda a ser criativos.

Eu não sei dizer muita coisa sobre essas imagens, já que o blog é Holandês…

Porém, eu tenho a impressão que tudo é meio que reciclagem (de algum mercado de pulga?), objetos vintage por todos os lados e muita personalidade.  É uma interpretação, mas vamos combinar, na Europa é muito mais fácil vc montar um ambiente sem gastar muito e do jeito que você quer, do que aqui no Brasil. Se tu falar para o tiozão que esta vendendo uma cadeira que a mesma é vintage, ele aumenta o preço em 2000% (exagerada, mas é verdade).

As coisas poderiam serem mais fáceis, só isso que eu posso dizer.

Para ver mais da decoração dessa casa, clique aqui e visite o Woonblog.

A história é muito simples: eu comia muito esse prato quando criança e senti uma vontade imensa de fazê-la aqui em casa. Eu não sabia por onde começar e queria igual da minha mãe, logo liguei para minha mãe que passou a receita falando assim “ué, igual picadinho de carne com batata, no lugar da […]

A história é muito simples: eu comia muito esse prato quando criança e senti uma vontade imensa de fazê-la aqui em casa.

Eu não sabia por onde começar e queria igual da minha mãe, logo liguei para minha mãe que passou a receita falando assim “ué, igual picadinho de carne com batata, no lugar da batata você coloca abóbora”.

Sabe, mãe é mãe e obedecemos.

Picadinho de Carne com Abóbora

aboboraecarne1

Ingredientes

1 pedaço de abóbora (eu usei esse pedaço da foto, não sei qual era o seu peso, só que você pode ir conforme a sua vontade e amor pela abóbora)
500 gramas de carne picada em cubinhos (usei Acém)
10 colheres de sopa de extrato de tomate
200 ml de água (a carne já solta água, por isso eu nem coloquei caldo de carne, mas se você quiser, pode colocar)
1 cebola pequena picada
2 dentes de alho picado
Sal e Pimenta do Reino a gosto

aboboraecarne2

Modo de Preparo

Tempere a carne com o sal e pimenta do reino, reserve por alguns minutos.

Na panela, coloque um fio de óleo e frite a cebola e o alho. Adicione a carne, deixe-a dourando.

Coloque a água e deixe cozinhando a carne até ficar macia (se precisar colocar mais água ou caldo, pode por).

Adicione a abóbora em pedaços (eu acabei tirando a casca, mas falaram que é bom deixar, por causa dos nutrientes), tampe a panela e deixe cozinhando até a abóbora ficar macia, porém, não pode perder sua forma (não pode virar um purê).

Adicione o extrato de tomate e mexa todos os ingredientes, deixe cozinhando por mais alguns minutos e desligue. É perfeito para acompanhar arroz e salada.

Comi sozinha e não achei ruim, porque o cliente vip não curte abóbora feito em pratos salgados.

O Melhor dessa história que nem precisei me esconder para comer e lamber os lábios, “tipoooo”, igual a que tu faz quando come aquele chocolate importado e não quer repartir com ninguém.

Ps.: não tinha tantaaaa semente, mas na sexta-feira eu falarei para vocês o que eu fiz com elas.

{Fotos Celesterockwood Jones} Agora começa a onda de Halloween, e todos querem fazer algo bacanas para seus filhos curtirem essa data cheia de magia e história. Para espantar as bruxas, vou começar a colocar dicas aqui no blog para você que está procurando inspiração para decorar sua casa ou fazer algo bacana para degustação. A […]

halloween

{Fotos Celesterockwood Jones}

Agora começa a onda de Halloween, e todos querem fazer algo bacanas para seus filhos curtirem essa data cheia de magia e história.

Para espantar as bruxas, vou começar a colocar dicas aqui no blog para você que está procurando inspiração para decorar sua casa ou fazer algo bacana para degustação.

A primeira dica é um freebie do blog Celesterockwood Jones, para você decorar as jarras e potes, melhor, de graça!!

Para pegar o seu, é fácil, só clicar aqui.

E aí, estão preparados para espantar as bruxas?